Bruno de Carvalho culpado por «buraco» de 700 mil euros no Sporting

Bruno de Carvalho culpado por «buraco» de 700 mil euros no Sporting

Está a ser realizada uma investigação às contas do Sporting, deixadas pela anterior direção que era presidida por Bruno de Carvalho até à entrada da Comissão de Gestão após a destituição na Altice Arena.

Bruno de Carvalho e a restante direção, que liderou o Sporting até à destituição de 23 de junho, terá levado 700 mil euros do clube, diz o jornal Correio da Manhã com base numa auditoria forense às contas da anterior presidência de Alvalade.

LEIA MAIS: Noitada do ex-Presidente do Sporting acaba em momento insólito

Em causa está o facto de o ex-presidente dos «leões» ter pago «serviços de scouting a vários empresários e empresas» que não realizou qualquer relatório sobre jogadores.

A investigação elaborada pelo Ministério Público e nova direção do Sporting – agora liderada por Frederico Varandas – acreditam que foram realizados negócios imaginários (e possivelmente ilícitos) sem qualquer retorno financeiro para a equipa de futebol principal.

“Há faturas e há contratos, mas há também a suspeita de que se trataram de negócios fictícios. Não há qualquer informação sobre jovens atletas ou propostas de contratação, não há qualquer resultado na equipa principal que tenha nascido desse investimento. Os resultados da auditoria, quando estiver terminada, terão de ser participados ao Ministério Público“, diz o mesmo jornal.

O Record acrescenta ainda que a auditoria ainda não está terminada. No entanto, Bruno de Carvalho poderá questionado sobre este cenário. Entretanto, o Sporting procura um empréstimo obrigacionista, mas a banca poderá não estar disponível para se ligar ao clube. Além disso, o clube de Alvalade ainda procura ser pago pelas transferências de Rui Patrício e Gelson Martins, para o Wolverhampton e Atlético Madrid, respetivamente – jogadores que rescindiram com o Sporting em maio.

LEIA MAIS: Frederico Varandas: «Estou à espera que se faça justiça»


RELACIONADOS

Bruno de Carvalho culpado por «buraco» de 700 mil euros no Sporting

Está a ser realizada uma investigação às contas do Sporting, deixadas pela anterior direção que era presidida por Bruno de Carvalho até à entrada da Comissão de Gestão após a destituição na Altice Arena.