Boavista regulariza inscrição dos primeiros sete reforços na Liga de clubes

A inscrição de sete reforços contratados pelo Boavista para 2022/23 já deu entrada na Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), depois de ter estado bloqueada até à segunda jornada da I Liga, devido a dívidas dos ‘axadrezados’.

Boavista regulariza inscrição dos primeiros sete reforços na Liga de clubes

Boavista regulariza inscrição dos primeiros sete reforços na Liga de clubes

A inscrição de sete reforços contratados pelo Boavista para 2022/23 já deu entrada na Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), depois de ter estado bloqueada até à segunda jornada da I Liga, devido a dívidas dos ‘axadrezados’.

De acordo com a última atualização da lista de transferências oficiais rececionadas pelo organismo, o Boavista, clube do Bessa, já pode utilizar frente ao Casa Pia, no domingo, em partida da terceira ronda, o guarda-redes César, os defesas Robson Reis e Vincent Sasso, os médios Bruno Lourenço e Masaki Watai e os dianteiros Róbert Bozeník e Salvador Agra.

Os reforços elevam o leque de opções do treinador Petit, que, apesar das limitações de plantel, conduziu o Boavista às vitórias sobre Portimonense (1-0) e Santa Clara (2-1) na abertura do campeonato, fixando o melhor arranque dos ‘axadrezados’ desde 2004/05. De fora da lista de inscrições dos portuenses está apenas o defesa Bruno Onyemaechi, cujo empréstimo negociado junto do Feirense, da II Liga, foi oficializado na quarta-feira.

A FIFA tinha impedido o Boavista de registar novos atletas por causa de uma dívida de 200 mil euros, acrescida de juros de mora, ao defesa Adil Rami, que se sagrou campeão mundial por França em 2018 e realizou 22 partidas no emblema do Bessa em 2020/21. Os ‘axadrezados’, que integram o grupo de líderes do campeonato, com os mesmos seis pontos de FC Porto, Benfica e Vitória de Guimarães, visitam o promovido Casa Pia, no domingo, às 15:30, no Estádio Nacional, em Oeiras, em jogo da terceira ronda da prova.

Impala Instagram


RELACIONADOS