78 jogadores que estão na famosa caderneta de cromos, mas que não vão ao Mundial do Qatar

A poucos dias do início do Mundial do Qatar muitos tentam acabar a famosa caderneta, que conta com 78 jogadores que não vão estar na competição.

78 jogadores que estão na famosa caderneta de cromos, mas que não vão ao Mundial do Qatar

78 jogadores que estão na famosa caderneta de cromos, mas que não vão ao Mundial do Qatar

A poucos dias do início do Mundial do Qatar muitos tentam acabar a famosa caderneta, que conta com 78 jogadores que não vão estar na competição.

Numa altura em que estamos na contagem decrescente para o início do Mundial do Qatar, muitos são os pais que tentam ajudar os filhos a terminar a famosa coleção de cromos da Panini. O que muitos devem desconhecer é que podem estar à procura de figuras de jogadores que nem sequer vão estar na prova. É que 78 jogadores presentes na caderneta não foram convocados para a maior competição mundial de futebol.

Homem fuma 42 cigarros durante maratona e faz tempo incrível
Aquele que é conhecido como tio Chen é um chinês de 50 anos que corre maratonas a fumar um cigarro por cada quilómetro percorrido (… continue a ler aqui)

Vamos começar por Portugal. Até porque aqui ninguém terá dúvidas. Existem cinco jogadores presentes na caderneta que não fazem parte dos eleitos de Fernando Santos. José Fonte, Renato Sanches, João Moutinho e Gonçalo Guedes foram riscados da lista final do selecionador nacional. A estes junta-se Diogo Jota, ausente por lesão.

Cinco jogadores portugueses não estão no Mundial

Na seleção da casa, o Qatar, Yousuf Abdurisag ficou fora dos eleitos. Tal como aconteceu com o equatoriano Byron Castillo. No Senegal são três os ausentes: Saliou Ciss, Ibrahima Mbaye e Bouna Sarr. Nos Países Baixos destaca-se a ausência de Cillessen, Ryan Gravenberch e Arnaut Danjuma, Donyell Malen e Wijnaldum, este último por lesão. Realce para o facto de Ryan Gravenberch até ser um dos cromos especiais da coleção. No Irão está ausente Omid Noorafkan. Por sua vez, nos Estados Unidos da América existem os cromos de Zack Steffen, Chris Richards e Ricardo Pepi que não está convocado.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Panini Cromos (@paninicromos)

Na seleção da Argentina existe apenas uma falha. Trata-se de Giovani Lo Celso que não vai ao Qatar por lesão. Na Arábia Saudita não estará Khalid Al-Ghannam. No México realce para Jesús Corona, ex-jogador do Porto, que está lesionado e ainda para Diogo Lainez. Na Polónia há os casos de Tymoteusz Puchacz, Maciej Rybus, Mateusz Klich e Jakub Moder. Segue-se a França, uma das seleções mais afetadas. Mike Maignan, Kimpenbe, Kante, Pogba são ausências por lesão. Aos quatro junta-se Ben Yedder, que ficou fora dos eleitos. A representar a Austrália não estará Rhyan Grant, James Jeggo, Adam Taggart nem Trent Sainsbury. Detalhe curioso nesta seleção. O selecionador australiano é sogro de Trent Sainsbury.

Jogador que fica de fora das escolhas da Austrália é genro do selecionador

Na Dinamarca realce para Jannik Vestergaard. Já na Tunísia há o caso de Farouk Ben Mustapha e de Hamza Mathlouthi. A jogar com a camisola da Costa Rica não estarão Leonel Moreira, Ricardo Blanco e Orlando Galo. A Alemanha, uma das candidatas a vencer a prova, não irá contar com Gosens, Marco Reus e Timo Werner, os dois últimos por lesão. No Japão será Yuta Nakayama a ficar de fora. Tal como Genki Haraguchi, Takuma Asano e Yuya Osako. Já a Bélgica não irá contar com Jason Denayer. Tal como Maxime Crépeau e Doneil Henry pelo Canadá. A jogar pela Coreia do Sul não estará Yong Lee.

4 seleções com todos os jogadores no Mundial

Na seleção de Marrocos não estão Adam Masina, Samy Mmaee, Aymen Barkok, Imrân Louza, Ayoub El Kaabi, Rayan Mmaee, Munir e Tissoudali. Esta é mesmo uma das equipas com mais falhas na caderneta. Na Croácia destaca-se a ausência de Duje Caleta-Car e Josip Brekalo. No Brasil há apenas o caso de Philippe Coutinho. A jogar pela Sérvia não estará o ex-jogador do Benfica, Filip Duricic. A Suíça não irá contar com Kevin Mbabu e Steven Zuber. Seguem-se os Camarões com Harold Moukoudi, Michael Ngadeu, James Léa Siliki e Stéphane Bahoken fora dos eleitos. No caso do Gana realce para o facto de os dois guarda-redes presentes na caderneta – Joe Wollacott e Richard Ofori – não terem sido convocados. A estes junta-se Jonathan Mensah, Andy Yiadom, Mubarak Wakaso, Iddrisu Baba e Felix Afena-Gyan.

Existem quatro seleções que constam na caderneta com jogadores que vão estar no Qatar. São elas: Inglaterra, Espanha, País de Gales e Uruguai. Estes dados servem apenas de mera curiosidade, visto que a Panini tem de preparar a caderneta muito antes de serem conhecidas as convocatórias finais.

Texto: Bruno Seruca; Fotos: DR

Impala Instagram


RELACIONADOS