Dez casos positivos de covid-19 entre 422 migrantes a bordo do Ocean Viking

Pelo menos 10 dos 422 migrantes a bordo do navio Ocean Viking tiveram testes positivos à covid-19, anunciou a organização humanitária SOS Mediterranée, que continua a fazer testes aos migrantes resgatados e pede urgentemente autorização para aportar.

Dez casos positivos de covid-19 entre 422 migrantes a bordo do Ocean Viking

Dez casos positivos de covid-19 entre 422 migrantes a bordo do Ocean Viking

Pelo menos 10 dos 422 migrantes a bordo do navio Ocean Viking tiveram testes positivos à covid-19, anunciou a organização humanitária SOS Mediterranée, que continua a fazer testes aos migrantes resgatados e pede urgentemente autorização para aportar.

Pelo menos 10 dos 422 migrantes a bordo do navio Ocean Viking tiveram testes positivos à covid-19, anunciou a organização humanitária SOS Mediterranée, que continua a fazer testes aos migrantes resgatados e pede urgentemente autorização para aportar.

Fontes da organização não-governamental (ONG) francesa disseram à agência EFE que a grávida em estado crítico que foi retirada de emergência no sábado para Malta testou positivo, assim como o marido, o que levou os tripulantes a iniciar testes rápidos às pessoas que tinham estado em contacto mais próximo com o casal.

Até ao momento, segundo as fontes, oito pessoas testadas tiveram resultado positivo e foram isoladas.

“Continuamos a fazer testes rápidos entre os migrantes resgatados. Estávamos preparados para esta eventualidade, mas isto torna ainda mais urgente a atribuição de um porto seguro”, frisou uma das fontes.

O Ocean Viking resgatou mais de 400 pessoas entre quinta e sexta-feira e a tripulação pediu a Malta e a Itália para aportar, não tendo tido resposta positiva até ao momento.

Nos últimos dias registou-se um aumento das saídas de embarcações clandestinas de migrantes para o Mediterrâneo. Centenas de pessoas chegaram à ilha italiana de Lampedusa, resgatadas ou pelos seus próprios meios, e dezenas de embarcações foram intercetadas e obrigadas a regressar à Líbia.

O aumento de saídas deveu-se ao bom estado do mar, mas prevê-se um agravamento das condições para hoje à noite.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS