Última Hora: Acordou do coma o português baleado em ataque terrorista a supermercado

Última Hora: Acordou do coma o português baleado em ataque terrorista a supermercado

Renato Silva, baleado na cabeça em Carcassonne, acordou do coma

Renato Silva estava a caminho de uma pastelaria com um colega quando foi alvejado por Radouane Lakdim na manhã de 23 de março. Desde então, estava em coma induzido e acordou hoje, avança o Le Parisien.  Foi atingido com uma bala na cabeça e o colega, Jean Mazières , foi morto a tiro. Foi o carro de Renato, um Opel Corsa branco, que Lakdim, o terrorista, usou para se deslocar até ao supermercado em Trèbes. Não se sabe se o projéctil continua alojado na cabeça do jovem.

Renato vivia em França há pouco tempo. Os pais emigraram há já décadas,  mas o jovem de 27 anos ficou em Coimbra, onde se formou. Juntou-se aos pais em França e estava a fazer um estágio em hotelaria em Carcassonne, quando foi apanhado no meio da tragédia.

Renato Silva ligou à mãe com uma bala na cabeça

O jovem ligou à sua mãe já depois de ter sido atingido na cabeça pelo franco-marroquino Radouane Lakdim. Fê-lo parapara contar o sucedido, disse um familiar seu ao Jornal de Notícias.

 

 

Notícia em atualização

 

 

 


RELACIONADOS