Esta famosa faz revelações sobre sexo anal [e garante «orgasmos fantásticos»]

Aparece na televisão e no cinema e desmistifica, através de um artigo no seu blogue, alguns mitos e outras tantas dúvidas sobre sexo anal.

Gwyneth Paltrow, fundadora do site Goop, não se coibe de abordar temas mais delicados na plataforma. A atriz norte-americana publicou um artigo sobre sexualidade… mais concretamente sobre sexo anal.

A prática, ainda tabu para milhões de homens e mulheres, é descrita no artigo como “básica no repertório atual”. Paltrow publica também um guia prático para desmistifcar o sexo anal, respondendo a dúvidas, mitos e questões. As respostas são de Paul Joannides, autor do livro The Guide To Getting it On (em tradução muito livre, O Guia Para Conseguir ter Sexo).

LEIA MAIS: Sofia é o rosto de campanha a favor do aborto, mas os pais não sabiam

Quando é que o sexo anal heterossexual começou a ser uma prática comum?

“A partir do momento em que a pornografia se tornou tão acessível quanto ir ao Youtube, os produtores tiveram de começar a lutar por cliques. É por essa razão que os filmes pornográficos se tornaram tão agressivos. Diria que, por volta de 2005, a diferença entre o anus e a vagina de uma mulher se esbateu por completo. Isto não aconteceu porque as mulheres imploravam aos seus parceiros por sexo anal mas sim porque os produtores de filmes pornográficos tinham medo de, se não tivessem cenas de sexo anal, as pessoas fossem clicar noutro vídeo”.

A popularidade do sexo anal na pornografia reflete-se na intimidade dos casais, tanto homossexuais como heterossexuais?

“Não. 10 a 15% dos casais heterossexuais desfrutam muito de sexo anal. Mas se lhes perguntarmos com que frequência fazem sexo anal e sexo vaginal, dirão que talvez uma em cada cinco vezes. Não é muito comum uma mulher dizer que faz sexo anal com a mesma frequência do que vaginal.  No caso dos homens gay , 50% faz sexo anal. Muitos homens homossexuais preferem dar e receber sexo oral do que fazer sexo anal”.

Como devemos adaptar a nossa perceção do sexo anal para a vida real de um casal?

“A forma como o reto se curva depois da abertura diz-nos que precisamos de fazer muitos ajustes para que o sexo anal seja agradável. A existência dos músculos dos esfíncter, os que evitam que larguemos fezes involuntariamente, significa que existe um reflexo automático de empurrar qualquer coisa que venha do exterior.

Uma das primeiras coisas que uma mulher ou homem precisa de fazer se quer receber anal é treinar o relaxamento dos músculos do esfíncter para que o pénis consiga entrar. Isto requer muita prática. Além disto, de encontrar o ângulo certo para a penetração para que não haja dor, é primordial usar muito lubrificante.

LEIA MAIS: Falso namoro pela Internet leva menina a ser raptada por seita [vídeo]

Os casais que não têm uma comunicação sexual excelente, que não dão nem recebem feedback de forma natural sobre o que gostam e desgostam, e que não têm um nível elevado de confiança não devem fazer sexo anal”.

Quais são os riscos do sexo anal?

“Uma mulher tem 17 vezes mais hipóteses de contrair HIV através de sexo anal do que de sexo vaginal. Por isso, é incontornável o uso do preservativo e de lubrificante. Qualquer doença sexualmente transmissível pode ser contraída através do ânus. Sexo anal desprotegido é considerada a prática sexual mais perigosa, no que toca a doenças sexualmente transmissíveis”.

Quais são as consequências para saúde, a longo prazo, da prática de sexo anal?

Acredita-se que a prática de sexo anal sem proteção pode permitir a entrada de bactérias na próstata. Além disso, é possível que pequenos pedaços de matéria fecal se alojem na uretra. Por isso, se o casal fizer penetração vaginal depois de sexo anal sem uso de preservativo, o homem deve urinar primeiro, além de lavar o pénis com água e sabão. ”

É possível atingir o orgasmo através da estimulação anal?

Algumas mulheres afirmam ter orgasmos fantásticos com a penetração anal. Mas normalmente isso acontece quando há estimulação simultânea do clítoris.

LEIA MAIS: Marca de roupa escolhe menina amputada para desfilar nova coleção [vídeo]

É necessário fazer várias tentativas até se conseguir gostar de sexo anal? Quais são as posições mais recomendadas?

“Depende do que se está disposto a fazer para treinar o relaxamento dos músculos do esfíncter, da comunicação entre as duas pessoas, da confiança e provavelmente do comprimento e grossura do pénis. O senso comum diz-nos que correrá muito melhor se for com um homem com um pénis de tamanho normal e não com um acima da média”.

Fotos: Reuters e Pixabay

LEIA MAIS: Filhos maltratam de forma cruel mãe idosa [vídeo]

Mais

RELACIONADOS

Esta famosa faz revelações sobre sexo anal [e garante «orgasmos fantásticos»]

Aparece na televisão e no cinema e desmistifica, através de um artigo no seu blogue, alguns mitos e outras tantas dúvidas sobre sexo anal.