Utentes da Linha de Sintra protestam contra supressão e atrasos nos comboios

Mais de uma dezena de pessoas estão desde as 08:00 concentradas na estação da Amadora, em protesto contra a supressão e atrasos de comboios na Linha de Sintra, que causam transtornos.

Utentes da Linha de Sintra protestam contra supressão e atrasos nos comboios

Utentes da Linha de Sintra protestam contra supressão e atrasos nos comboios

Mais de uma dezena de pessoas estão desde as 08:00 concentradas na estação da Amadora, em protesto contra a supressão e atrasos de comboios na Linha de Sintra, que causam transtornos.

Empunhando cartazes onde se pode ler “Basta de viajar como sardinha em lata”, “Mais investimento” ou “Chega de atrasos”, os utentes da Linha de Sintra exigem a melhoria do serviço público ferroviário.

Vasco Ramos, da Comissão de Utentes da Linha de Sintra, explicou à Lusa que nos últimos anos o serviço ferroviário se degradou “de forma significativa”.

“Há comboios suprimidos, atrasos diários, falta de higiene, desconforto e, nos últimos meses, a situação agravou-se com a chegada do passe Navegante, que veio trazer mais utentes para a linha, mas os comboios são os mesmos”, afirmou.

Desde 01 de abril que a Área Metropolitana de Lisboa tem um passe único metropolitano que abrange os 18 concelhos, por 40 euros, além de novos passes municipais que custam 30 euros.

Em novembro, a Câmara de Sintra anunciou que ia pedir ao Governo e à CP o plano de investimentos para o reforço de meios humanos e de material circulante na Linha de Sintra, devido à “degradação do serviço”, que prejudica diariamente milhares de utentes.

DD // SB

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS