ÚLTIMA HORA: Espião português condenado a 7 anos e 4 meses de prisão

O funcionário do Serviço de Informações de Segurança – SIS foi condenado por espionagem e corrupção

ÚLTIMA HORA: Espião português condenado a 7 anos e 4 meses de prisão

ÚLTIMA HORA: Espião português condenado a 7 anos e 4 meses de prisão

O funcionário do Serviço de Informações de Segurança – SIS foi condenado por espionagem e corrupção

O funcionário do Serviço de Informações de Segurança (SIS) Frederico Carvalhão Gil foi hoje condenado a uma pena, em cúmulo jurídico, de sete anos e quatro meses de prisão pelos crimes de espionagem e corrupção passiva para ato ilícito.

O funcionário do SIS foi condenado a seis anos e seis meses de prisão pelo crime de espionagem e a dois anos e dois meses pelo crime de corrupção passiva para ato ilícito (agravado), tendo, em cúmulo jurídico, sido condenado pelo tribunal judicial da Comarca de Lisboa a uma pena única de sete anos e quatro meses de prisão.

Frederico Carvalhão Gil vai permanecer em prisão domiciliária com pulseira eletrónica.

A defesa já anunciou que vai recorrer da decisão condenatória para o tribunal da Relação de Lisboa.

De acordo com o Ministério Público, o arguido foi recrutado pelo Serviço Externo da Federação Russa – SVR para prestar informações protegidas sob o segredo Estado português, a que tinha acesso devido à sua profissão. O espião português trocou as informações por várias quantias de dinheiro.

(em atualização)

Impala Instagram


RELACIONADOS