Tribunal de Contas recusa visto de investimento de 15 ME na rede SIRESP

O Tribunal de Contas recusou o visto às alterações do contrato que o Governo tem com a empresa que gere o sistema SIRESP e que previa um investimento de 15,65 milhões de euros.

Tribunal de Contas recusa visto de investimento de 15 ME na rede SIRESP

Tribunal de Contas recusa visto de investimento de 15 ME na rede SIRESP

O Tribunal de Contas recusou o visto às alterações do contrato que o Governo tem com a empresa que gere o sistema SIRESP e que previa um investimento de 15,65 milhões de euros.

O Tribunal de Contas divulgou hoje na sua página da internet o acórdão relativo a um aditamento ao contrato entre o Governo e a gestora do Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP), aprovado em conselho de ministros a 05 de abril, e que tem como objetivo melhorar a rede.

Esta alteração ao contrato foi feita após as lacunas detetadas no funcionamento do SIRESP durante os incêndios de 2017 e previa o gasto de 15,65 milhões de euros entre os anos de 2018 a 2021.

CMP // PMC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS