Tribunal absolve homem duas vezes de um crime de violência doméstica

A vítima, que era assistente no processo, pedia uma indemnização de 30 mil euros.

Tribunal absolve homem duas vezes de um crime de violência doméstica

Tribunal absolve homem duas vezes de um crime de violência doméstica

A vítima, que era assistente no processo, pedia uma indemnização de 30 mil euros.

Um homem de 63 anos foi absolvido no Tribunal de Penafiel de um crime de violência doméstica perpetrado conta a mulher. Crime aconteceu em Baião. De acordo com o Correio da Manhã, esta é a segunda vez que o arguido é ilibado deste crime.

O suspeito respondia por três crimes de violação, por forçar a companheira e ter relações sexuais. No entanto, a vítima desistiu da queixa logo no início do julgamento tendo essa parte do processo sido arquivada.

Segundo a mesma publicação, o tribunal teve em conta o facto de nem o homem nem a mulher terem prestado quaisquer declarações. A única pessoa que falou aos juízes nunca viu os factos descritos na acusação e referiu-se aos mesmos em “termos genéricos”, após ter ouvido algumas queixas por parte da mulher.

A vítima, que era assistente no processo, pedia uma indemnização de 30 mil euros.

 

LEIA AINDA
caixão, funeral
Homem leva duas facadas no funeral da avó. Agressor internado na psiquiatria
Um homem foi atacado enquanto carregava o caixão da avó, durante o funeral da senhor de 93 anos. Jack Steward, de 41 anos, levou duas facadas no cemitério da Fuseta. (… continue a ler aqui)

 

Impala Instagram


RELACIONADOS