Trabalhador de estação de comboios agredido por demorar a abrir passagem de nível

Um trabalhador da estação de comboios de Cuba, foi agredido por um outro indivíduo que estava descontente com o tempo que a cancela da passagem de nível demorava a abrir.

Trabalhador de estação de comboios agredido por demorar a abrir passagem de nível

Trabalhador de estação de comboios agredido por demorar a abrir passagem de nível

Um trabalhador da estação de comboios de Cuba, foi agredido por um outro indivíduo que estava descontente com o tempo que a cancela da passagem de nível demorava a abrir.

Um homem, trabalhador da estação de comboios de Cuba, foi agredido por um outro indivíduo que estava descontente com o tempo que a cancela da passagem de nível demorava a abrir. De acordo com o JN, o funcionário da Linha do Alentejo, de 39 anos, foi internado.

Trabalhador teve de ser assistido

O caso aconteceu pelas 21 horas do passado domingo. Segundo a mesma publicação, a Guarda Nacional de Beja indica que dois homens, um de 40 anos e outro de 21, protestaram contra a demora da abertura da cancela. A discussão culminou na agressão ao trabalhador. Ambos foram identificados. O suposto agressor diz ter sido atacado primeiro pelo trabalhador que decidiu apresentar queixa.

LEIA AINDA
Funcionário de bomba de gasolina executado por pedir a cliente para usar máscara

Impala Instagram


RELACIONADOS