Tchizé chora morte do pai enquanto Isabel dos Santos passeia em desfiles de Moda

Tchizé pediu investigação por homicídio à morte do pai, José Eduardo dos Santos. A irmã, Isabel dos Santos, preferiu ir ao desfile da Dolce & Gabbana, em Itália, dois dias após a morte do ex-Chefe de Estado de Angola.

Tchizé chora morte do pai enquanto Isabel dos Santos passeia em desfiles de Moda

Tchizé pediu investigação por homicídio à morte do pai, José Eduardo dos Santos. A irmã, Isabel dos Santos, preferiu ir ao desfile da Dolce & Gabbana, em Itália, dois dias após a morte do ex-Chefe de Estado de Angola.

Tchizé dos Santos luta por apurar as circunstâncias que rodeiam a morte do pai, José Eduardo dos Santos, e pediu uma investigação por homicídio. A irmã, Isabel dos Santos, parece não ter as mesmas desconfianças e passeia-se em desfiles de Moda. A filha do antigo presidente de Angola assistiu ao desfile da marca de luxo Dolce & Gabbana, em Itália, dois dias após a morte do pai. Isabel viajou até Sicília para marcar presença no evento que reuniu diversas celebridades. As imagens foram captadas e divulgadas pela própria, no Instagram.

Tchizé acusa ex-mulher do pai e médico pessoal

José Eduardo dos Santos morreu em 8 de julho, em Espanha, aos 79 anos. Estava há duas semanas internado nos cuidados intensivos numa clínica em Barcelona. Era pai de oito filhos, de cinco mulheres, e esteve à frente dos destinos de Angola durante 38 anos. Tchizé dos Santos, uma das filhas, apresentou queixa em Barcelona no início de julho e pediu para que fosse aberto um inquérito por, entre outras questões, “alegada tentativa de homicídio, falta de assistência a uma pessoa em perigo, ferimentos causados por negligência grave”, de acordo com os dois escritórios de advogados que a aconselham.

Tchizé levanta várias dúvidas sobre a atuação da equipa médica de José Eduardo dos Santos, principalmente ao médico João Afonso. Além disso, diz que a “equipa que rodeou o ex-Presidente” estava “subordinada a João Lourenço”, atual Presidente angolano. “O meu pai estava sequestrado.” A filha de José Eduardo dos Santos acredita que a ex-mulher do pai, Ana Paula, e o médico pessoal do ex-Presidente são responsáveis pela deterioração da sua saúde.

Segundo os advogados, Tchizé afirma que o pai e a ex-mulher estavam separados há algum tempo e que ela não tem poder de decisão sobre a saúde porque o casamento deles não é legalmente reconhecido em Espanha. Além disso, acusou a ex-mulher do antigo Presidente de Angola de ter “comportamento indigno” por alegado descuido nos cuidados de saúde de José Eduardo dos Santos.

Resultado provisório da autópsia

Tchizé pediu para que o pai fosse autopsiado em Barcelona “por receio” de que o corpo possa ser transferido para Angola. E interpôs na justiça espanhola uma providência cautelar com o objetivo de travar a trasladação do cadáver para Luanda – apesar de o Presidente angolano, João Lourenço, já ter anunciado a intenção de realizar em Angola um funeral com honras de Estado. A filha de José Eduardo dos Santos considera contudo que o atual Chefe de Estado angolano é um dos responsáveis pela morte do pai.

O resultado provisório da autópsia, realizada por decisão da justiça espanhola, contraria as acusações feitas por Tchizé dos Santos, já que não se detetou qualquer irregularidade. Segundo informação do Governo de Angola avançada à SIC e ao Observador, o resultado já foi comunicado à delegação do executivo angolano que se encontra em Barcelona. O resultado definitivo da autópsia deverá ser conhecido a qualquer momento.

Luanda pede ajuda a Espanha para trasladação

Parte da família de José Eduardo dos Santos e representantes do Estado angolano em Barcelona discutiram as condições do funeral e do enterro do ex-chefe de Estado. O executivo terá dado garantias de segurança quanto à trasladação e à presença de todos os elementos da família, alguns deles visados em processos judiciais, e o sepultamento do corpo num cemitério de Angola, já que o objetivo é criar condições para acolher os restos mortais num panteão.

Impala Instagram


RELACIONADOS