Sobrevivente da 2ª Guerra Mundial detida por se manifestar na Rússia

​Yelena Osipova, sobrevivente da Segunda Guerra Mundial, foi detida pela polícia em São Petersburgo. A ativista russa carregava cartazes contra a guerra na Ucrânia.

Sobrevivente da 2ª Guerra Mundial detida por se manifestar na Rússia

Sobrevivente da 2ª Guerra Mundial detida por se manifestar na Rússia

​Yelena Osipova, sobrevivente da Segunda Guerra Mundial, foi detida pela polícia em São Petersburgo. A ativista russa carregava cartazes contra a guerra na Ucrânia.

Milhares de pessoas em cidades de toda a Rússia têm desafiado as forças policiais e organizado protestos contra a guerra na Ucrânia. Yelena Osipova, sobrevivente ao cerco que a Alemanha fez a Leninegrado, há 77 anos, durante a Segunda Guerra Mundial, carregava cartazes contra a ação de Putin numa das manifestações proibidas pelo regime.

A ativista russa foi detida pela polícia russa, esta quarta-feira, dia 2 de março, enquanto se manifestava a favor da paz nas ruas de São Petersburgo, na Rússia.

Veja o momento:

 

 

‘Desnazificar’ a Ucrânia

Vladimir Putin, o presidente russo, argumenta que pretende ‘desnazificar’ a Ucrânia, em particular, o governo de Kiev. Contudo, agências internacionais referiram que já foram detidos milhares de manifestantes pelas autoridades russas por protestarem contra a invasão da Ucrânia. Também os órgãos de comunicação social russos estão proibidos de usar palavras como “guerra” ou “invasão” quando pretendem tratar a operação militar na Ucrânia.

Fotos: D.R.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS