Sérgio Conceição certo que será campeão se vencer todos os jogos

O treinador Sérgio Conceição assumiu hoje a certeza de reconquistar o título nacional de futebol se o FC Porto vencer todos os jogos da I Liga, na antevisão à visita ao Sporting de Braga, que incluiu entre os candidatos.

Sérgio Conceição certo que será campeão se vencer todos os jogos

Sérgio Conceição certo que será campeão se vencer todos os jogos

O treinador Sérgio Conceição assumiu hoje a certeza de reconquistar o título nacional de futebol se o FC Porto vencer todos os jogos da I Liga, na antevisão à visita ao Sporting de Braga, que incluiu entre os candidatos.

O treinador Sérgio Conceição assumiu hoje a certeza de reconquistar o título nacional de futebol se o FC Porto vencer todos os jogos da I Liga, na antevisão à visita ao Sporting de Braga, que incluiu entre os candidatos.

“São três pontos que podemos ganhar e que o adversário não conquista. Por isso, é um jogo de peso extra, que dizemos que vale seis pontos. Vamos iniciar a segunda volta com 51 pontos em disputa e se ganharmos todos os jogos tenho a certeza de que vamos ser campeões, mesmo dependendo de outros”, afirmou o técnico portista.

Depois do empate da última jornada, frente ao Belenenses (0-0), o FC Porto, campeão nacional, ficou a seis pontos do líder Sporting, que soma 45, mas Sérgio Conceição considerou que “o campeonato é uma maratona”.

“Temos de começar por este jogo difícil em Braga, mas há toda uma segunda volta para melhorar, e tentar recuperar pontos que perdemos na primeira. É uma maratona, e o importante é no final, e em maio ver quem acaba em primeiro”, disse o técnico.

Na antevisão a “um jogo entre dois candidatos ao título”, o treinador dos ‘dragões’ ainda se mostrou inconformado com a arbitragem da última partida, frente ao Belenenses SAD, garantindo que o grupo “sente revolta por situações claras para toda a gente menos para quem toma decisões”, e não se inibiu de visar a Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF).

“Deviam preocupar-se em defender os árbitros, sem dúvida, mas principalmente perceber o contexto e o ambiente em que os estes estão inseridos. Não é normal um árbitro [Fábio Veríssimo], que esteve durante a semana sujeito a uma pressão enorme e envolvido numa polémica, ser nomeado para um jogo do FC Porto, um rival do Sporting”, referiu.

Sérgio Conceição considerou, ainda, que “além das declarações que os treinadores possam fazer, por se sentirem injustiçados”, terá de haver uma preocupação “pela integridade dos jogadores, que só é defendida pelos cartões amarelos e vermelhos”.

“Somos os campeões nacionais, não nos amedrontamos com o ambiente que encontramos, dentro e fora do campo. Pois também se joga fora de campo e o problema é esse. Quando outras pessoas se envolvem no espetáculo. Estamos atentos e somos fortes. Já provámos que podemos ultrapassar isso”, vincou o treinador dos ‘dragões’.

Sobre a quantidade de jogos que tem de disputar em fevereiro (oito), Sérgio Conceição disse “não pensar muito nisso”, manifestado “confiança no grupo”, e apontado que “mesmo quem alinhou [frente ao Belenenses] e tinha menos minutos esteve bem”.

“Dou graças a Deus por fazermos tantos jogos. É inacreditável fazer cinco jogos de três em três dias, mas estamos nas meias-finais da Taça de Portugal e queremos chegar à final. Estamos nos ‘oitavos’ da Liga dos Campeões, e somos o representante português na maior prova de clubes da Europa e do mundo o que é um orgulho enorme. Há um calendário apertado mas temos de o jogar”, sublinhou.

Apesar de todas essas frentes, Sérgio Conceição prometeu um FC Porto “forte” no duelo com o Sporting de Braga, no domingo, para o qual reconheceu que “será difícil” a recuperação de Otávio.

“Temos noção da boa classificação do Braga, da proximidade que tem connosco e dos pontos de diferença que temos em relação ao primeiro classificado. Temos consciência de que vamos encontrar um Braga forte, mas também vão encontrar um FC Porto forte. Vamos dar uma resposta à altura do nosso clube”, garantiu Sérgio Conceição.

O treinador do FC Porto abordou ainda o estado de saúde do defesa Nanu, que saiu lesionado com gravidade, no empate 0-0 no terreno do Belenenses SAD, na quinta-feira.

“Falei ontem [na sexta-feira] e hoje com ele. Ainda está meio combalido e com algumas dificuldades no ombro, mas está a recuperar. Foi um choque violentíssimo e terá de descansar e recuperar todas as faculdades importantes para voltar a jogar futebol”, explicou.

Tal como Nanu e Otávio, Sérgio Conceição ainda não poderá contar para o encontro com os bracarenses com o guarda-redes Mbaye e o defesa Marcano, ambos ainda a recuperarem de lesões.

O FC Porto, segundo classificado com 39 pontos, inicia no terreno do Sporting de Braga, terceiro com 36, a segunda volta do campeonato, no domingo, a partir das 20:45, num encontro que terá arbitragem de Artur Soares Dias, da associação do Porto.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS