Ryanair condenada por cobrar bagagem de mão a passageira

A companhia aérea foi condenada a pagar uma multa por cobrar 20 euros a uma passageira o transporte de uma bagagem de mão extra. A Ryanair terá de reembolsar a cliente no valor pago, mais os respetivos juros.

Ryanair condenada por cobrar bagagem de mão a passageira

Ryanair condenada por cobrar bagagem de mão a passageira

A companhia aérea foi condenada a pagar uma multa por cobrar 20 euros a uma passageira o transporte de uma bagagem de mão extra. A Ryanair terá de reembolsar a cliente no valor pago, mais os respetivos juros.

Ryanair  foi condenada a pagar uma multa por cobrar 20 euros a uma passageira pelo transporte de uma bagagem de mão extra. A companhia aérea terá de reembolsar à cliente o valor pago, montante ao qual acrescem os respetivos juros, de acordo com a agência Reuters.  A mulher viajava de Madrid, Espanha, para Bruxelas, Bélgica, quando foi obrigada pelo staff da companhia a pagar 20 euros para embarcar com uma bagagem de mão de 10 quilos, uma vez que a política da empresa dita que apenas os bilhetes prioritários contemplem duas malas na cabine.

LEIA DEPOIS
Ricardo Nunes regressa aos treinos após o cancro

Juíza considerou medida da Ryanair «abusiva»

A juíza do Tribunal de Madrid deu razão à reclamação da cliente, classificando a ação da companhia aérea como “abusiva”, uma vez que a mala tinha o peso e o tamanho certos, e decidiu anular a cláusula. Ninguém pode recorrer da decisão.

LEIA MAIS
França. Empresa em tribunal por pressionar trabalhadores a beber no trabalho
IRS | Dedução para segundo filho duplica em 2020

Impala Instagram


RELACIONADOS