Rússia acusa EUA de praticar “diplomacia de intimidação”

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, acusou hoje os Estados Unidos de praticarem uma diplomacia de “intimidação” referindo-se ao anúncio de sanções contra o gasoduto que vai ligar a Rússia à Alemanha.

Rússia acusa EUA de praticar

Rússia acusa EUA de praticar “diplomacia de intimidação”

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, acusou hoje os Estados Unidos de praticarem uma diplomacia de “intimidação” referindo-se ao anúncio de sanções contra o gasoduto que vai ligar a Rússia à Alemanha.

“Uma vez mais os Estados Unidos demonstraram que têm uma diplomacia que se limita à intimidação através de sanções, ultimatos ou ameaças”, disse Lavrov perante o Senado, em Moscovo, referindo-se às sanções norte-americanas contra o gasoduto Nord Stream 2.

O gasoduto russo vai abastecer a Alemanha através do Mar Báltico.

Lavrov acrescentou que os Estados Unidos, em matéria de segurança energética, nunca cumprem as promessas nem mesmo quando se trata de aliados.

Também o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, criticou as sanções dos Estados Unidos contra o Nord Stream 2 afirmando que são “inaceitáveis” e que acredita que Moscovo vai terminar as obras do projeto do gasoduto.

O gasoduto com 1.225 quilómetros está praticamente construído.

Trata-se de um projeto de 100.00 milhões de dólares em que participa um consorcio russo constituído pela Gazprom e pelas empresas europeias OMV, Wintershall Dea, Engie, Uniper e Shell.

PSP // FPA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS