Robert perdeu a casa no fogo de Monchique mas conseguiu salvar os burros. Agora pede ajuda

Robert perdeu quase tudo no fogo de Monchique mas não os seus burros. Agora, procura uma nova casa onde os seis possam ser felizes

Quando o fogo que lavra em Monchique chegou perto da casa de Robert Lucia, um alemão a viver no Algarve, este não pensou duas vezes em fugir. Mas nunca sem os seus burros.

LEIA MAIS: 181 pessoas mantêm-se deslocadas devido ao fogo em Monchique

São cinco os animais doS quais toma conta, e são o seu projeto de vida. O Project Sanctuary Happy Donkeys começou quando, em viagem por Espanha, adotou o seu primeiro burro. Os restantes foram-lhe oferecidos e são três adultos e duas crias.

Roberto assentou arraiais em Monchique quando fugia da Alemanha e da sua poluição. Tinha 45 anos e os problemas de saúde que tinha agravavam-se com o ar poluído do seu país de origem. Encontrou ar puro e espaço verde para viver em Monchique, terra que agora é cinza e irrespirável.

Há 15 anos, quando fugiu da Alemanha, o primeiro poiso que comprou foi na Serra de Cazorcia, Segura y Las Villas, em Espanha. A poluição perseguia-o e o fumo de uma fábrica que queimava lixo a 30 quilómetros da propriedade que comprou em Espanha, chegou até ele.

Voltou a fazer as malas já com os burros e chegou a Monchique, onde montou vida e projeto.

Agora, depois de ter perdido a casa na noite de dia 6 de Agosto, volta a fazer-se à estrada com a sua família de cinco burros.

Ardeu a casa onde os burros ficavam alojados, a comida dos mesmo, máquinas caras, o sistema de irrigação, e até as selas.  Robert já teve várias ofertas de casas onde pode ficar no Alentejo com os seus burros, mas falta-lhe uma forma de viajar.

Já existe uma conta de apoio e pode saber mais aqui. 


RELACIONADOS

Robert perdeu a casa no fogo de Monchique mas conseguiu salvar os burros. Agora pede ajuda

Robert perdeu quase tudo no fogo de Monchique mas não os seus burros. Agora, procura uma nova casa onde os seis possam ser felizes