Rixa entre manifestantes em Hong Kong fez seis feridos

Uma violenta discussão em Hong Kong fez hoje seis feridos, incluindo um ativista pró-democracia que ficou sem uma orelha, no âmbito de uma manifestação pró-democracia.

Rixa entre manifestantes em Hong Kong fez seis feridos

Rixa entre manifestantes em Hong Kong fez seis feridos

Uma violenta discussão em Hong Kong fez hoje seis feridos, incluindo um ativista pró-democracia que ficou sem uma orelha, no âmbito de uma manifestação pró-democracia.

A rixa aconteceu em frente a um centro comercial num bairro de classe média daquele território sob administração chinesa, onde vários manifestantes se reuniram, quando um homem que discutira com alguns deles puxou de uma faca.

Imagens divulgadas na televisão mostraram Andrew Chiu, conhecido ativista, com a orelha praticamente separada da cabeça e um outro homem inconsciente numa poça de sangue.

O alegado atacante foi espancado pelo resto dos manifestantes que testemunharam o sucedido e a televisão RTHK afirma que falava mandarim, a língua principal da China continental.

Seis pessoas – quatro homens e duas mulheres – ficaram feridas e três outras foram detidas.

Várias manifestações não autorizadas aconteceram hoje em Hong Kong, acabando em confrontos com a polícia de choque.

Desde junho que há manifestações quase diárias em Hong Kong, num crescendo de violência, para protestar contra a ingerência da China no sistema legal de Hong Kong e exigir reformas democráticas.

Fragilizado pela guerra comercial entre os Estados Unidos e a China, a economia de Hong Kong ressente-se da longa crise política, a pior desde que Hong Kong passou da administração britânica para a chinesa, em 1997.

Hong Kong disfruta de liberdades excluídas do resto do território chinês, como a liberdade de expressão, manifestação e justiça independente.

APN // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS