Risco de multiplicação do vírus é “acrescido” nos diabéticos. Controle a doença

A resposta do sistema imunitário das pessoas com diabetes não é tão eficaz e têm, por isso, maior risco de desenvolver complicações decorrentes de infeção por micro-organismos, dizem especialistas.

Risco de multiplicação do vírus é

Risco de multiplicação do vírus é “acrescido” nos diabéticos. Controle a doença

A resposta do sistema imunitário das pessoas com diabetes não é tão eficaz e têm, por isso, maior risco de desenvolver complicações decorrentes de infeção por micro-organismos, dizem especialistas.

Investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (i3S) alertam para a necessidade dos diabéticos com covid-19 «controlarem corretamente» a doença, defendendo que, se tal não acontecer, o risco de multiplicação do vírus é «acrescido».

Em comunicado, o instituto da Universidade do Porto esclarece que as recomendações dos investigadores surgem no âmbito de um artigo de revisão sobre os efeitos do novo coronavírus em doentes com a diabetes.

LEIA DEPOIS
PSP prende dono de restaurante por excesso de lotação do estabelecimento

Citado no documento, o investigador Bruno Sarmento, que lidera o grupo de investigação Nanomedicines & Translational Drug Delivery do i3S, afirma que o SARS-CoV-2 representa “um desafio acrescido”, tanto para os profissionais de saúde, como para os doentes.

«A resposta do sistema imunitário das pessoas com diabetes não é tão eficaz e têm, por isso, maior risco de desenvolver complicações decorrentes de infeção por micro-organismos», refere.

É urgente controlar a doença

Nesse sentido, os investigadores alertam para a necessidade dos diabéticos infetados com o novo coronavírus “controlarem corretamente” os níveis de açúcar no sangue, por forma a evitar o agravamento da covid-19.

A monitorização assídua e correta da diabetes nos pacientes infetados com SARS-CoV-2 é de extrema importância para prevenir a progressão da doença viral, pelo que a importância do controlo da glicose no sangue é igualmente fundamental”, garante Bruno Sarmento.

Seguir as recomendações da DGS

Por sua vez, a falta de controlo da doença “resulta num ambiente mais favorável à multiplicação desses micro-organismos, uma vez que facilita ainda mais o seu crescimento e aumenta a capacidade de infeção das células”. Provocando assim, acrescenta o investigador, “um maior agravamento do estado de saúde desses doentes”.

Segundo a equipa de investigação, os diabéticos devem, além de seguir as recomendações da Direção-Geral da Saúde (DGS), como o distanciamento social, etiqueta respiratória e lavagem das mãos, monitorizar regularmente os níveis de açúcar no sangue e adquirir atempadamente os fármacos de que necessitam.

LEIA MAIS
Dois bebés internados nos cuidados intensivos com covid-19
Amarraram idosa com lençol. Santa Casa da Misericórdia condenada a pagar 70 mil euros

1 – Aceda a www.lojadasrevistas.pt

2 – Escolha a sua revista

3 – Clique em COMPRAR ou ASSINAR

4 – Clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA

5 – Introduza os seus dados e escolha o método de pagamento

6 – Pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS