Ex-atleta do SC Braga morre esfaqueado em rixa no Seixal

Há dois anos, Ricardo Jaquité, que foi vice-campeão nacional de ar livre e pista coberta no triplo salto, foi suspenso por quatro anos por questões relacionais com doping.

Ex-atleta do SC Braga morre esfaqueado em rixa no Seixal

Ex-atleta do SC Braga morre esfaqueado em rixa no Seixal

Há dois anos, Ricardo Jaquité, que foi vice-campeão nacional de ar livre e pista coberta no triplo salto, foi suspenso por quatro anos por questões relacionais com doping.

O homem com 30 anos que morreu esfaqueado, na noite de quarta-feira, numa rua no Seixal é Ricardo Jaquité, um ex-atleta do Sporting e do Sporting de Braga. De acordo com o Jornal de Notícias, o homem terá sido esfaqueado mortalmente na sequência de um ajuste de contas. Ricardo Jaquité foi ainda transportado com vida para o Hospital Garcia de Orta, mas não resistiu aos ferimentos e acabou por morrer. Segundo a mesma publicação, a Polícia Judiciária está a investigar o caso.

O crime aconteceu na rua João Martins Bandeira, na Arrentela. O alerta para o esfaqueamento foi dado pouco antes das 19h00. A vítima, Ricardo Jaquité, era praticante de alto nível de atletismo e vivia perto do local. Deixa agora duas filhas menores.

Segundo o Jornal de Notícias, na origem do crime estará um conflito entre grupos criminosos dos bairros da Amora e Arrentela. O suspeito colocou-se em fuga depois do crime e ainda não foi localizado.

Os bombeiros da Trafaria deslocaram-se ao local com quatro operacionais que conseguiram estabilizar Ricardo Jaquité, mas este acabou por morrer. A PSP esteve no local e passou a investigação à PJ de Setúbal.

Há dois anos, Ricardo Jaquité, que foi vice-campeão nacional de ar livre e pista coberta no triplo salto, foi suspenso por quatro anos por questões relacionais com doping.

LEIA MAIS

Meteorologia: Previsão do tempo para sexta-feira, 4 de dezembro

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS