Retirada ténia de metro e meio a homem por comer sushi

Após ter tido sintomas de desconforto na barriga durante dias, o homem acabou sentir algo estranho e comprido a sair do corpo, quando foi à casa de banho. No hospital percebeu que se tratava de um verme.

Retirada ténia de metro e meio a homem por comer sushi

Retirada ténia de metro e meio a homem por comer sushi

Após ter tido sintomas de desconforto na barriga durante dias, o homem acabou sentir algo estranho e comprido a sair do corpo, quando foi à casa de banho. No hospital percebeu que se tratava de um verme.

Um homem descobriu que tinha no interior do corpo uma ténia de um metro e meio. De acordo com os médicos, o verme desenvolveu-se na sequência da ingestão diária de sushi. O caso ocorreu na Califórnia, nos Estados Unidos, mas apenas foi revelado agora pelo médico responsável pelo tratamento do mesmo, Kenny Banh, ao The Guardian. O paciente, cuja identidade não foi revelada, explicou que apenas se apercebeu que estava com um problema de saúde após ter «sentido algo estranho e comprido a sair do corpo quando estava na casa de banho», segundo revelou o especialista de saúde. O homem apenas tinha sentido algum desconforto na zona abodimal leve, dias antes.

LEIA DEPOIS
Mãe detida após levar filho saudável 323 vezes ao médico e submetê-lo a 13 cirurgias

«Ténia gigante» cresceu no intestino do paciente devido à ingestão diária de sushi

Do corpo do homem acabou por sair um ser vivo com cerca de metro e meio. Assustado, enrolou o verme em papel higiénico, colocou-o num saco e dirigiu-se de imediato ao Centro Comunitário Regional de Fresno. O verme «ainda se estava a mexer quando o meteu no saco de plástico, mas morreu ao chegar ao hospital», revelou Kenny Banh. O ser vivo foi então classificado como uma «ténia gigante» que tinha crescido no intestino do paciente, devido à ingestão diária de sushi.

Ténias entram no sistema digestivo humano através do consumo de peixe, em especial salmão

As largas destas ténias entram no sistema digestivo humano, através do consumo de peixe, em especial do salmão. Geralmente, como o peixe é cozinhado estas larvas morrem e deixam de representar qualquer perigo a nível de saúde. No suhi, como o peixe não confeccionado existe um maior risco, especialmente, quando não é preparado com certas condições de higiene.

LEIA MAIS
Irmãos lutam contra o cancro e mostram fotografia de «último abraço»
Bruxa condenada por convencer através de feitiçaria ex-polícia a matar

Impala Instagram


RELACIONADOS