Reino de Essuatíni abre comportas de barragem para fornecer mais água a Moçambique

O reino de Essuatíni (ex-Suazilândia) abriu na quinta-feira as comportas da barragem do rio Umbeluzi para fornecer 18 milhões de metros cúbicos à província de Maputo até ao final deste mês, anunciou o governo moçambicano.

Reino de Essuatíni abre comportas de barragem para fornecer mais água a Moçambique

Reino de Essuatíni abre comportas de barragem para fornecer mais água a Moçambique

O reino de Essuatíni (ex-Suazilândia) abriu na quinta-feira as comportas da barragem do rio Umbeluzi para fornecer 18 milhões de metros cúbicos à província de Maputo até ao final deste mês, anunciou o governo moçambicano.

“O reino de Esuatíni começou a descarregar sete metros cúbicos de água por segundo, que ao fim de 30 dias permitirão à barragem dos Pequenos Libombos [em Moçambique] ter mais 18 milhões de metros cúbicos, elevando o seu nível de armazenamento para 34%”, afirmou o ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, João Machatine, citado hoje pelo diário Notícias.

O governante afirmou que o volume de água que Essuatíni está a libertar vai permitir que a barragem moçambicana dos Pequenos Libombos forneça água à província de Maputo em 100%.

A decisão daquele país resulta de um compromisso assumido entre o Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, e rei Mswati III, em março passado.

O entendimento foi alcançado durante uma visita de Estado que Filipe Nyusi realizou a Essuatíni no mês passado.

A província de Maputo enfrenta há cinco anos uma crise de falta de água, devido aos ciclos de seca que afetam o sul de Moçambique, levando a que o fornecimento seja feito de forma intermitente.

PMA // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS