Putin pede prolongamento por um ano de tratado nuclear com Estados Unidos

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, pediu hoje o prolongamento por um ano do tratado de desarmamento russo-americano New Start, três dias depois de os EUA terem feito uma oferta nesse sentido.

Putin pede prolongamento por um ano de tratado nuclear com Estados Unidos

Putin pede prolongamento por um ano de tratado nuclear com Estados Unidos

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, pediu hoje o prolongamento por um ano do tratado de desarmamento russo-americano New Start, três dias depois de os EUA terem feito uma oferta nesse sentido.

“Tenho uma proposta: estender o acordo atual incondicionalmente por pelo menos um ano, a fim de ter a oportunidade de conduzir negociações intensivas em todos os parâmetros”, disse Putin, durante a reunião do seu conselho de segurança.

O tratado bilateral New Start, que foi assinado em 2010 e expira em 2021, assegura que os arsenais de armas nucleares dos dois países se mantêm abaixo dos níveis atingidos durante a Guerra Fria, limitando o número de mísseis a 700 e o número de ogivas a 1.550.

Na terça-feira, o negociador norte-americano, Marshall Billingslea, ofereceu a Moscovo a proposta de prolongamento do tratado, de forma temporária, com a condição de os russos “congelarem” o seu arsenal nuclear, repetindo uma intenção de há vários anos do Presidente Donald Trump.

Esse congelamento foi considerado “inaceitável” pelo negociador russo, o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros Sergey Riabkov.

Hoje, Putin disse que seria “extremamente lamentável” que o tratado chegasse ao fim do seu prazo de validade sem ser substituído, já que, nas palavras do Presidente russo, “ele permite travar a corrida às armas”.

“É claro que temos novos sistemas de armas, que os americanos não têm, pelo menos por enquanto. Mas recusamos discutir este aspeto”, concluiu Putin.

A Rússia e os EUA, juntos, detêm mais de 90% das armas nucleares do mundo, de acordo com o mais recente relatório do Instituto Internacional de Investigação para a Paz, de Estocolmo.

RJP // FPA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS