PSP já identificou alguns adeptos envolvidos no caso Marega

A Polícia de Segurança Pública já identificou alguns adeptos que insultaram o futebolista Marega no jogo do FC Porto frente ao Vitória de Guimarães, este domingo.

PSP já identificou alguns adeptos envolvidos no caso Marega

PSP já identificou alguns adeptos envolvidos no caso Marega

A Polícia de Segurança Pública já identificou alguns adeptos que insultaram o futebolista Marega no jogo do FC Porto frente ao Vitória de Guimarães, este domingo.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) já identificou alguns adeptos que insultaram o futebolista Marega no jogo do FC Porto frente ao Vitória de Guimarães, este domingo, avança a TVI.  A notícia surge um dia depois de o diretor nacional da PSP ter anunciado estar a analisar as imagens de videovigilância para «rapidamente» se conseguir identificar o «aparente elevado número de pessoas que participaram nos cânticos racistas» a Marega.

LEIA DEPOIS
Alerta | Homem morre esfaqueado durante rixa em Sintra

O superintendente-chefe Magina da Silva considerou um comportamento «inadmissível»

O superintendente-chefe Magina da Silva considerou um comportamento «inadmissível» a situação que envolveu o jogador de futebol do FC Porto Marega, que pediu para ser substituído, ao minuto 71 do jogo da 21.ª jornada da I Liga, por ter ouvido cânticos e gritos racistas de adeptos da formação vimaranense, numa altura em que os ‘dragões’ venciam por 2-1, resultado com que terminaria o encontro. «O comportamento a que assistimos no jogo de ontem [domingo] é inadmissível e vamos fazer tudo o que for possível para identificar todas as pessoas que entoaram os cânticos racistas», garantiu Magina da Silva.

Também o Ministério Público instaurou um inquérito relacionado com cânticos e insultos racistas dirigidos Moussa Marega. «O mesmo encontra-se em investigação do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Guimarães», indica resposta da PGR enviada à  Lusa sobre o caso registado no jogo de domingo.

LEIA MAIS
Avó de criança morta pela mãe pede perdão em nome da filha durante o funeral
Diretor de hospital em Wuhan morre infetado pelo Covid-19

Impala Instagram


RELACIONADOS