PSP assinala Dia Europeu do 112

A PSP assinala hoje o Dia Europeu do 112, um contacto de emergência que funciona a título gratuito nos Estados-membros da União Europeia e que Portugal atende entre 20.000 e 25.000 chamadas diárias.

PSP assinala Dia Europeu do 112

PSP assinala Dia Europeu do 112

A PSP assinala hoje o Dia Europeu do 112, um contacto de emergência que funciona a título gratuito nos Estados-membros da União Europeia e que Portugal atende entre 20.000 e 25.000 chamadas diárias.

A PSP assinala hoje o Dia Europeu do 112, um contacto de emergência que funciona a título gratuito nos Estados-membros da União Europeia e que Portugal atende entre 20.000 e 25.000 chamadas diárias.

Num total anual que ronda os 7.900.000 contactos, apenas 35% correspondem realmente a chamadas de emergência, refere a PSP em comunicado.

“As demais chamadas têm maioritariamente origem em contactos inadvertidos (‘pocket calls’), brincadeiras, testes à capacidade de resposta ou simples desconhecimento dos fins do serviço 112”, refere a PSP.

O serviço 112 compreende o Centro de Coordenação Nacional e quatro Centros Operacionais (Norte, Sul, Açores e Madeira), que integra a Direção Nacional da PSP.

Os Centros Operacionais garantem o atendimento a nível regional das chamadas 112, efetuando a triagem e encaminhamento para as forças de segurança, apoio médico, Bombeiros, entre outros.

A PSP lembra as emergências para o 112 são as que envolvam pessoas em risco de vida/necessidade imediata de assistência médica, crimes a decorrer ou que acabaram de acontecer, incidentes graves (inundações, aluimentos, incêndios florestais, acidentes rodoviários graves ou que impliquem risco para a circulação) e a descoberta de crianças e seniores perdidos, nomeadamente aderentes aos programas da PSP “Estou Aqui Crianças” e “Estou Aqui Adultos”, para comunicar a sua localização e número da pulseira.

“Em qualquer outra situação o cidadão deverá contactar diretamente a esquadra ou corpo de bombeiros local”, é referido.

No que diz respeito ao contexto escolar, a PSP adianta que por intermédio do “Escola Segura”, desde 2017 até hoje, a polícia levou informação sobre o serviço 112 a cerca de 44.000 alunos e 1.200 professores e pessoal de apoio operacional, contribuindo para um melhor uso deste apoio em emergência.

“No sentido de contribuir para a inclusão de todos os cidadãos, o 112 possui também um serviço dedicado aos cidadãos surdos “MAI112″ que conta já com centenas de utilizadores”, segundo a PSP.

Na nota, a polícia recorda também que a criação de um número de socorro em Portugal remonta a 13 de outubro de 1965, com a disponibilização do primeiro número nacional de socorro (115), cuja gestão coube desde logo à PSP e que se mantém até à atualidade.

Lembra igualmente que Portugal foi um dos primeiros países da Europa a disponibilizar aos seus cidadãos um serviço de acionamento de meios de emergência por intermédio de um contacto telefónico dedicado, curto e de fácil memorização.

Para assinalar a efeméride, a Associação Europeia do Número de Emergência (European Emergency Number Association – EENA112), lançou uma campanha de agradecimento aos serviços de emergência por todo o seu empenho e dedicação, à qual a PSP se junta.

Os cidadãos poderão aderir à campanha partilhando os conteúdos desta associação, usando os hashtags #112Day2021 e #thankyouchain e identificando a EENA e a PSP.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS