Professor expulso depois de dar aula de sexo anal e oral a alunos

Polémica levou a que o docente, de 25 anos, fosse suspenso e logo de seguida demitido.

Professor expulso depois de dar aula de sexo anal e oral a alunos

Professor expulso depois de dar aula de sexo anal e oral a alunos

Polémica levou a que o docente, de 25 anos, fosse suspenso e logo de seguida demitido.

Professor temporário de Língua Portuguesa foi expulso da escola onde dava aulas, em Brasília, após ter dado uma aula sobre sexo anal e oral a alunos do sexto ano – com 11 e 12 anos.

LEIA DEPOIS
Sindicato denuncia caso de funcionária que urinou na caixa do Pingo Doce

O docente, de 25 anos, foi expulso pela secretaria de Educação de Brasília, que alegou que, por ser temporário, não tinha tido a preparação adequada.

A polémica aconteceu no Centro de Ensino Fundamental 104, que se situa na região da Asa Norte, da capital brasileira. Em vez de dar uma aula de português, o docente deu uma aula de educação sexual e pediu aos alunos para fazer uma redação sobre o assunto, para perceber se tinham entendido.

A aula, que foi filmada por vários alunos, chocou os pais dos alunos. Após vários protestos junto à direção da escola, o professor foi demitido. Apesar disso, várias famílias apresentaram queixa às autoridades e exigem que o docente seja punido.

O professor defende-se dizendo que as crianças faziam perguntas sobre o assunto e usavam expressões populares e informais, e, por isso, decidiu dar uma aula para lhes ensinar os nomes e definições correctas.  Os alunos que estiveram presentes na aula terão acompanhamento psicológico, de forma a evitar danos.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para quinta-feira, 21 de novembro

Impala Instagram


RELACIONADOS