Presidente são-tomense espera que eleições permitam

Presidente são-tomense espera que eleições permitam “prosseguir estabilidade política e social”

Evaristo Carvalho espera que as eleições deste domingo permitam eleger órgãos “com competência e responsabilidade” para “prosseguir com a estabilidade política e social no país”.

São Tomé, 07 out (Lusa) – O Presidente da República de São Tomé e Príncipe, Evaristo Carvalho, disse hoje esperar que as eleições deste domingo permitam eleger órgãos “com competência e responsabilidade” para “prosseguir com a estabilidade política e social no país”.

“Eu espero que dessas eleições venham a aparecer os resultados que favoreçam a paz, tranquilidade, favoreçam a formação de um novo Governo, tanto a nível nacional, regional e distrital – são todos executivos -, com competência, com responsabilidade, de modo a que possam governar, possam dirigir e possam prosseguir com a estabilidade política e social no país”, comentou Evaristo Carvalho, depois de votar na escola básica D. Maria de Jesus, no centro da capital são-tomense.

O chefe de Estado apelou aos eleitores “para que se dirijam às respetivas assembleias de voto com ordem, com disciplina, e consciência”.

O Presidente afirmou que as eleições de hoje para as legislativas e autárquicas e regional da ilha do Príncipe estão “a correr muito bem”.

“Sinto-me feliz, mais uma vez tive oportunidade de cumprir um dever cívico, dever da cidadania, e dou graças ao meu Deus por me manter ainda vivo e forte”, referiu ainda.

Mais de 97 mil eleitores de São Tomé e Príncipe escolhem hoje o futuro primeiro-ministro do país, com Patrice Trovoada a pedir a renovação da maioria absoluta e Jorge Bom Jesus a procurar levar o MLSTP-PSD ao poder.

Os são-tomenses vão eleger os 55 lugares da Assembleia Nacional, as lideranças das seis câmaras distritais da ilha principal e o novo governo regional da ilha do Príncipe.

As mesas de voto em todo o país abriram às 07:00 e encerram às 18:00, estando inscritos um total de 97.274 eleitores.

Segundo a Comissão Eleitoral Nacional, a votação foi boicotada numa assembleia de voto, na roça Rosema (distrito de Lembá, noroeste do país), onde a população “reivindica água, estrada, energia”, e será repetida dentro de uma semana.

JH // MP

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Presidente são-tomense espera que eleições permitam “prosseguir estabilidade política e social”

Evaristo Carvalho espera que as eleições deste domingo permitam eleger órgãos “com competência e responsabilidade” para “prosseguir com a estabilidade política e social no país”.