Emigrante mata português junto a restaurante em França

Miguel Dias foi acusado de homicídio tentado e a justiça quer agora que o tribunal francês autorize a vinda do homicida para Portugal para ser julgado.

Emigrante mata português junto a restaurante em França

Emigrante mata português junto a restaurante em França

Miguel Dias foi acusado de homicídio tentado e a justiça quer agora que o tribunal francês autorize a vinda do homicida para Portugal para ser julgado.

Miguel Dias, um homem de 25 anos, está preso preventivamente em França por matar um outro homem da mesma idade, junto a um restaurante em Lyon. O crime aconteceu em março do ano passado. De acordo com o Correio da Manhã, o homem tinha fugido para França depois de em agosto de 2017 ter atacado com uma faca o novo companheiro da ex-namorada, em Vila Nova de Gaia. Miguel Dias foi acusado de homicídio tentado e a justiça quer agora que o tribunal francês autorize a vinda do homicida para Portugal para ser julgado.

Crime em Portugal aconteceu em 2017

O início do julgamento pelo crime que cometeu junto ao Arrábida Shopping já esteve agendado várias vezes. Uma vez o tribunal tentou notificar o arguido, mas não teve sucesso pois as autoridades desconheciam o seu paradeiro. Em janeiro de 2020 foi declarado costumaz e o processo esteve mesmo para se iniciar à revelia do arguido.  Contudo, quando matou outro emigrante português em França, as autoridades francesas perceberam que havia um mandado de detenção europeu para o capturar.

O arguido tentou matar o companheiro da ex, em Portugal, quando a mulher levada uma vida dupla. Segundo a acusação, a mulher mantinha relações paralelas com ambos. Devido a isso, os dois homens não se suportavam.

LEIA DEPOIS

Testemunha que iliba Eduardo Cabrita não viajava no carro

Impala Instagram


RELACIONADOS