UE/Presidência: Turquia garante disponibilidade para cimeira com os 27 em março

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, garantiu hoje estar “determinado” a normalizar as relações com o bloco comunitário, mostrando interesse numa cimeira entre as duas partes durante a presidência portuguesa do Conselho da União Europeia.

UE/Presidência: Turquia garante disponibilidade para cimeira com os 27 em março

UE/Presidência: Turquia garante disponibilidade para cimeira com os 27 em março

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, garantiu hoje estar “determinado” a normalizar as relações com o bloco comunitário, mostrando interesse numa cimeira entre as duas partes durante a presidência portuguesa do Conselho da União Europeia.

“O Presidente Erdogan reiterou o seu desejo de que seja organizada uma cimeira Turquia-UE antes do fim da presidência portuguesa”, lê-se num comunicado do chefe de Estado turco, citado pela agência AFP, após uma reunião remota entre Erdogan e a chanceler alemã, Angela Merkel.

Em janeiro, o Presidente turco já havia demonstrado interesse em normalizar as relações com a União Europeia (UE), mas os líderes do bloco comunitário exigiram “gestos credíveis” e “esforços duradouros” por parte de Ancara para organizar uma cimeira entre ambas as regiões nos dias 25 e 26 de março.

Neste sentido, Erdogan assegurou a Angela Merkel que a Turquia está “determinada” a manter um espírito “positivo” com a União Europeia, declarações que mereceram felicitações por parte da chanceler alemã, que saudou os “recentes sinais positivos” demonstrados por Ancara.

As tensões entre Turquia, Chipre e Grécia têm sido motivo de preocupação no seio da União Europeia, sendo que, em dezembro passado, os líderes europeus, reunidos em Bruxelas, acordaram avançar com sanções contra a Turquia devido às suas sanções “unilaterais e provocadoras” no Mediterrâneo oriental.

Contudo, a ambicionada normalização das relações entre a UE e a Turquia poderá ser afetada pela repressão de um protesto de estudantes turcos que está a abalar o país.

Na quinta-feira passada, os 27 pediram a libertação imediata dos estudantes presos e disse estar “seriamente preocupada” com a repressão e a deterioração do Estado de Direito na Turquia.

Portugal assume a presidência rotativa do Conselho da UE durante o primeiro semestre deste ano, prevendo-se que as relações do bloco comunitário com a Turquia marquem a agenda do executivo português nos próximos meses.

BYC // ANP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS