Ucraniano morto à facada em Viseu. Enteado confessou crime

O suspeito confessou a autoria do crime à GNR, que foi entregue à Polícia Judiciária de Coimbra que está a investigar o caso.

Ucraniano morto à facada em Viseu. Enteado confessou crime

Ucraniano morto à facada em Viseu. Enteado confessou crime

O suspeito confessou a autoria do crime à GNR, que foi entregue à Polícia Judiciária de Coimbra que está a investigar o caso.

Um homem de 53 anos foi assassinado à facada, na terça-feira, pelo enteado, de 39 anos, no bairro da Falorca, Mundão, em Viseu. Ambos são de nacionalidade ucraniana, escreve o Jornal de notícias. A vítima foi encontrada no chão do quarto com uma faca espetada no peito. Na habitação havia sinais de luta e sangue nas escadas do prédio.

Militares encontraram homem morto

As autoridades explicaram à publicação que o corpo foi encontrado por militares da GNR depois de uma denúncia apresentada pela vizinhança, cerca das 21 horas. A GNR encontrou o suspeito na rua que “estava aparentemente embriagado”. “Quando os militares encaminharam o homem para casa, depararam-se com um homem de 53 anos já morto”, revelou a GNR.

O suspeito confessou a autoria do crime à GNR, que foi entregue à Polícia Judiciária de Coimbra que está a investigar o caso.

A vítima estava empregado numa fábrica de paletes próxima da casa e vivia no Bairro da Falorca há dois anos. O enteado vivia temporariamente na casa do padrasto que o acolhia depois de a mãe ter regressado à Ucrânia há cerca de um mês.

Os vizinhos conheciam-nos, mas não havia relação de proximidade devido a ambos falarem mal português.

LEIA AGORA

Jovem desaparecido desde outubro morto por amigos e atirado a um poço. O cadáver foi encontrado coberto por um lençol, havendo por isso “indícios de crime“. Continue a ler aqui.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS