Turquia resgata 73 migrantes e seis mortos após alegada rejeição da Grécia

A guarda costeira turca resgatou hoje 73 migrantes provenientes do Líbano, além de recuperar seis cadáveres, dos quais cinco crianças, segundo Ancara, após alegada rejeição das autoridades gregas.

Turquia resgata 73 migrantes e seis mortos após alegada rejeição da Grécia

Turquia resgata 73 migrantes e seis mortos após alegada rejeição da Grécia

A guarda costeira turca resgatou hoje 73 migrantes provenientes do Líbano, além de recuperar seis cadáveres, dos quais cinco crianças, segundo Ancara, após alegada rejeição das autoridades gregas.

As autoridades turcas resgataram um grupo de 66 imigrantes na manhã de hoje de três botes salva-vidas na costa de Marmaris, na ilha grega de Rodes.

Após uma busca de helicóptero, encontraram uma quarta embarcação, semi-afundada, com sete sobreviventes, adiantou a Capitania Costeira turca num comunicado.

A patrulha conseguiu recuperar seis cadáveres, dois deles bebés, três crianças e uma mulher adulta, mas ainda há cinco pessoas desaparecidas.

O comunicado não esclarece a nacionalidade dos migrantes salvos.

De acordo com o que um sobrevivente disse às autoridades turcas, o grupo de 73 pessoas deixou a costa de Trípoli no Líbano, em 10 de setembro, num barco de madeira de 15 metros de cumprimento, em direção à Itália.

Chegando peto de Rodes, a embarcação ficou sem combustível e as autoridades gregas foram alertadas.

Uma patrulha grega resgatou os migrantes, tirou os seus objetos de valor e abandonou-os em águas territoriais turcas em quatro botes salva-vidas, disse um sobrevivente num vídeo divulgado pela Capitania da Turquia.

Há vários meses que Ancara vem denunciando que as patrulhas gregas costumam resgatar migrantes em barcos insufláveis quando se aproximam das ilhas da Grécia e depois abandonam-nos junto à costa turca em botes salva-vidas.

JML // RBF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS