Turista multado por entrar com comida do McDonald’s na Austrália

O turista tinha na sua posse as duas sanduíches da cadeia McDonald’s e um croissant de presunto.

Turista multado por entrar com comida do McDonald's na Austrália

Turista multado por entrar com comida do McDonald’s na Austrália

O turista tinha na sua posse as duas sanduíches da cadeia McDonald’s e um croissant de presunto.

O turista tinha na sua posse as duas sanduíches da cadeia McDonald’s e um croissant de presunto, itens detetados por um cão farejador no aeroporto australiano de Darwin. “Será a refeição McDonald’s mais cara que o passageiro já comeu” na vida, disse o ministro da Agricultura australiano, Murray Watt. A Austrália tem uma legislação rigorosa de biossegurança concebida para proteger a importante indústria agrícola do país contra potenciais pragas e doenças. As autoridades estão atualmente em alerta na sequência de um surto de febre aftosa na Indonésia, e todas as importações de carne desse país estão a ser monitorizadas. A doença não representa qualquer risco para os seres humanos, mas continua a ser uma doença viral grave e altamente contagiosa no gado.

Homem esmurra e decapita pombo em Lisboa por causa de batata frita

Um homem francês esmurrou e arrancou a cabeça de um pombo em frente a crianças que almoçavam na esplanada do McDonald’s do Rossio, em Lisboa, no passado dia 22 de junho. A denúncia foi feita nas redes sociais (onde pode ver imagens) por parte de uma das pessoas que estavam na esplanada juntamente com a filha e que assistiu a este crime.

“Almoçámos na esplanada onde estavam os pombos do costume. À nossa frente estava um homem francês com o seu filho de cerca de três anos. A certa altura os pombos atacaram as batatas fritas da criança e o pai começou ao soco aos pombos e agarrou num e com grande violência arrancou a cabeça ao animal e jogou no chão”, começa por escrever na publicação.

Agentes ficaram «incrédulos com a situação»

A mulher chamou a PSP e, com a ajuda de outras pessoas, conseguiu reter o agressor até à chegada das autoridades. “Quando os polícias chegaram ficaram incrédulos com a situação. Sem palavras para descrever o que se tinha passado disseram que o agressor seria acusado de maus tratos animais e de mais qualquer coisa que não me lembro por ter tido este ato de violência num local público onde também se encontravam dois menores. Tanto eu como a minha filha fomos identificadas como testemunhas tal como a gerente do McDonald’s (que foi impecável e disponibilizou as filmagens da esplanada) e mais duas pessoas que também testemunharam. O sujeito foi levado para a esquadra da polícia”, acrescenta.

Impala Instagram


RELACIONADOS