Trump adia visita a Dinamarca após polémica sobre Gronelândia

Donald Trump adiou a visita à Dinamarca, marcada para 2 de setembro, depois de a primeira-ministra dinamarquesa garantir que Gronelândia «não está à venda».

Trump adia visita a Dinamarca após polémica sobre Gronelândia

Trump adia visita a Dinamarca após polémica sobre Gronelândia

Donald Trump adiou a visita à Dinamarca, marcada para 2 de setembro, depois de a primeira-ministra dinamarquesa garantir que Gronelândia «não está à venda».

Donald Trump cancelou a visita de Estado à Dinamarca depois de a primeira-ministra dinamarquesa ter afirmado que a Gronelândia não está à venda. O presidente norte-americano deveria visitar o país dia 2 de setembro, a convite da Rainha Margrethe II.

LEIA DEPOIS
Quer ter um gato feliz e saudável? Temos oito dicas para si

PM dinamarquesa considera «absurda» sugestão de Trump

A polémica teve início com a sugestão de Trump de que os Estados Unidos tinham interesse em comprar a Gronelândia, um território autónoma da Dinamarca. Perante tal afirmação, Mette Frederiksen, PM dinamarquesa, descreveu a sugestão como absurda. «A Gronelândia não está à venda. A Gronelândia não é dinamarquesa, é da Gronelândia. Espero sinceramente que não tenham sido declarações sérias», disse Frederiksen à estação pública da Dinamarca (DR) quando questionada sobre os planos norte-americanos para a compra da ilha.

Trump anuncia cancelamento da visita através do Twitter

Foi através do Twitter que Donald Trump anunciou o cancelamento da visita a Dinamarca. «A Dinamarca é um país muito especial com pessoas incríveis, mas com base nos comentários da primeira-ministra Mette Frederiksen, de que não teria nenhum interesse em discutir a compra da Gronelândia, vou adiar a reunião marcada para daqui a duas semanas para outra altura…», acrescentando ainda que a primeira-ministra conseguiu poupar despesas e esforços tanto da parte dos Estados Unidos como da Dinamarca ao ser tão direta. «Agradeço-lhe por isso e espero reagendar a reunião para outra altura», termina.

A BBC avança que um porta-voz da Casa Branca e a Casa Real dinamarquesa confirmaram que o encontro tinha sido cancelado.

 

A Gronelândia tem desde  estatuto de autonomia desde o referendo de 1979, com competências próprias exceto nas áreas de defesa, política externa e emissão de moeda, entre outras áreas, incluindo a impossibilidade de pedir o direito à autodeterminação.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para quarta-feira, 21 de agosto

Impala Instagram


RELACIONADOS