Tribunal rejeita pedido para libertar mãe de bebé encontrado no lixo

Pedido foi submetido por grupo de advogados alheio ao processo.

Tribunal rejeita pedido para libertar mãe de bebé encontrado no lixo

Tribunal rejeita pedido para libertar mãe de bebé encontrado no lixo

Pedido foi submetido por grupo de advogados alheio ao processo.

O pedido de «habeas corpus» para a libertação da jovem sem-abrigo, que deixou o filho num ecoponto em Lisboa, foi rejeitado pelo Supremo Tribunal de Justiça, avança o Jornal de Notícias.

LEIA DEPOIS
Recém-nascido encontrado no lixo «está saudável»

O pedido determinava a libertação imediata de Sara, de 22 anos, que está em prisão preventiva, indiciada por homicídio qualificado, na forma tentada.

O «habeas corpus» foi submetido na segunda-feira, 11 de novembro, por um grupo de advogados, que nada têm a ver com o processo. O grupo alegava que a jovem deveria ser suspeita de «exposição ou abandono», um crime que não permite a aplicação de prisão preventiva.

Impala Instagram


RELACIONADOS