Tribunal confirma perda de mandato de presidente e vereador da Maia

O Tribunal Central Administrativo Norte confirmou a perda de mandato do presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago, e de um vereador eleito pela mesma coligação.

Tribunal confirma perda de mandato de presidente e vereador da Maia

Tribunal confirma perda de mandato de presidente e vereador da Maia

O Tribunal Central Administrativo Norte confirmou a perda de mandato do presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago, e de um vereador eleito pela mesma coligação.

O Tribunal Central Administrativo Norte (TCAN) confirmou a perda de mandato do presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago, e de um vereador eleito pela mesma coligação, avançou esta segunda-feira, 2 de setembro, à Lusa um dos advogados do processo.

LEIA DEPOIS
Incêndio em barco faz pelo menos 34 vítimas na Califórnia

Em causa está um processo movido pelo partido Juntos pelo Povo

Esta decisão confirma aquela proferida, em abril, pelo Tribunal Administrativo e Fiscal (TAF) do Porto. Em causa está um processo movido pelo partido Juntos pelo Povo (JPP) que critica a assunção pela autarquia de uma dívida de 1,4 milhões de euros, que o Fisco imputara ao presidente da câmara, Silva Tiago, ao seu antecessor e atual presidente da Assembleia Municipal, Bragança Fernandes, bem como ao vereador Mário Neves, enquanto ex-administradores da extinta empresa municipal TECMAIA.

A decisão da primeira instância não abrange o ex-presidente da câmara e atual presidente da Assembleia Municipal da Maia, Bragança Fernandes. Na ação, o JPP pediu também a dissolução da câmara e da assembleia municipal, com a consequente convocação de eleições autárquicas intercalares.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para terça-feira, 3 de setembro

Impala Instagram


RELACIONADOS