Três corpos encontrados em região afetada pelo mau tempo em França

Três corpos foram encontrados hoje em França, nas vilas montanhosas próximas de Nice, afetadas pelo mau tempo que se fez sentir na região fronteiriça franco-italiana, anunciaram as autoridades francesas.

Três corpos encontrados em região afetada pelo mau tempo em França

Três corpos encontrados em região afetada pelo mau tempo em França

Três corpos foram encontrados hoje em França, nas vilas montanhosas próximas de Nice, afetadas pelo mau tempo que se fez sentir na região fronteiriça franco-italiana, anunciaram as autoridades francesas.

Os corpos foram encontrados perto das localidades de Lantosque, Colomars e de Saint-Martin-Vésubie, esta última uma das mais afetadas pelas chuvas torrenciais e inundações que afetaram a região na sexta-feira.

De acordo com a proteção civil francesa, na tarde de hoje ainda havia 21 pessoas dadas como desaparecidas, oito das quais que foram vistas a serem levadas pela corrente provocada pelas inundações e 13 cujas famílias ainda não conseguiram contactar desde sexta-feira.

Do lado italiano, um corpo foi encontrado perto da fronteira francesa, em Ventimiglia, mas ainda não foi oficialmente identificado pelas autoridades francesas como sendo uma vítima do mau tempo no vale de Roya.

Na zona do vale de Aosta e Piemonte, na Itália, foram confirmadas mais duas mortes.

Para além destas duas vítimas, foram encontrados cinco corpos na costa italiana, desde domingo, mas, de acordo com o autarca dos Alpes Marítimos, Bernard Gonzalez, face ao estado avançado de decomposição, os corpos correspondem “muito provavelmente” a cadáveres enterrados em cemitérios que foram levados pela corrente.

No sábado, tinham-se registado duas vítimas mortais em Itália – um bombeiro de 53 anos no Vale de Aosta e um homem de 36 anos cuja viatura havia caído no rio Sesia, na região transalpina de Piemonte.

No domingo, as regiões de Piemonte e Liguria, no noroeste de Itália, pediram ao Governo para decretar o estado de emergência, devido às inundações que afetaram aquela região transalpina.

Apenas na região de Piemonte, estima-se que mais de 1.300 casas foram afetadas pela tempestade.

As fortes chuvas que se fizeram sentir na sexta-feira na zona que faz fronteira entre o sudeste francês e o noroeste italiano obrigou ao corte de estradas e pontes, deixando aldeias completamente isoladas, para além de ter destruído diversas habitações.

JGA // SF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS