Tenta matar ex-companheira com tiros de caçadeira

José Pereira, trabalhador agrícola de 56, perseguiu e disparou sobre a ex-companheira com quem chegou a viver uma década. Em causa estão fotos da mulher com outro homem.

Tenta matar ex-companheira com tiros de caçadeira

Tenta matar ex-companheira com tiros de caçadeira

José Pereira, trabalhador agrícola de 56, perseguiu e disparou sobre a ex-companheira com quem chegou a viver uma década. Em causa estão fotos da mulher com outro homem.

José Pereira, trabalhador agrícola de 56, perseguiu e disparou sobre a ex-companheira após ter visto fotografias da mulher com outro homem.

O antigo casal viveu junto durante quase uma década, mas face à constante violência de que era vítima em casa, a mulher de 35 anos decidiu que estaria na hora de acabar como sofrimento, acabando por colocar um ponto final na relação.

Apesar do fim do relacionamento, as ameaças não cessaram. Quando o agressor viu fotos da ex-companheira com outro homem, pegou numa caçadeira e procurou-a. Encontrou-a na manhã desta segunda-feira, 25 de janeiro, quando a vítima estacionava o carro junto à paragem do autocarro que a iria levar ao trabalho, na Lagoa do Calvo, em Palmela.

Sem aviso, José Pereira, premiu o gatilho e disparou duas vezes. A mulher escapou apenas com arranhões provocados pelos estilhaços dos vidros e o atirador fugiu do local. O alerta foi dado à GNR e foram enviadas várias patrulhas para o local.

Na habitação do homem, que estava com a porta aberta, nada foi encontrado. Por se tratar de uma tentativa de homicídio a Polícia Judiciária de Setúbal também se juntou à caça ao homem.

Tal como dá conta o Correio da Manhã, o carro atingido foi levado para ser alvo de perícias. Segundo amigos do ex-casal, a vítima já se tinha queixado das agressões de José Pereira, que continua em parte incerta. Os filhos da mulher, ainda menores e fruto de um outro relacionamento, também seriam alvo de violência.

LEIA MAIS
Cientistas criam drone com restos de abacaxi

Impala Instagram


RELACIONADOS