Televisão: Saiba o que tem de fazer para continuar a ver todos os canais

A Anacom criou uma linha de apoio gratuita para evitar que os portugueses fiquem sem TDT em casa.

Televisão: Saiba o que tem de fazer para continuar a ver todos os canais

Televisão: Saiba o que tem de fazer para continuar a ver todos os canais

A Anacom criou uma linha de apoio gratuita para evitar que os portugueses fiquem sem TDT em casa.

Se tem um serviço de televisão grátis, vai ter de sintonizar tudo outra vez. As frequências da TDT vão mudar, o que significa que será necessário sintonizar novamente os recetores e/ou televisores.

LEIA DEPOIS
Julgamento Alcochete: 23 arguidos «estiveram quatro horas presos ilegalmente»

O processo não será complicado e não exige troca de equipamentos ou contratação de serviços, no entanto a autoridade da comunicação lançou uma linha telefónica gratuita para explicar o que é necessário fazer para não ficar sem TV.

«A partir de hoje [sexta-feira], quem tiver dúvidas ou precisar de informações sobre o processo de migração da rede de emissores da TDT [Televisão Digital Terrestre], designadamente sobre a alteração do emissor de Odivelas Centro, agendada para o próximo dia 27, poderá ligar para o 800 102 002, o número gratuito disponibilizado pela Anacom para este efeito», informou o regulador, num comunicado.

O serviço de atendimento de chamadas funciona das 09h00 às 22h00 mas, «no dia 27 de novembro, dia em que o emissor de Odivelas Centro passará do canal 56 para o canal 35 e, no dia seguinte, funcionará até às 24h, por ser expectável que mais pessoas contactem o call center, uma vez que, quando o emissor for alterado, quem apenas tem TDT (televisão gratuita) ficará sem imagem no seu televisor», refere a mesma nota da Anacom.

Quem tem um televisor mais moderno, em que o cabo da antena liga diretamente ao aparelho, pode fazer a sintonização no menu. Para equipamentos mais antigos, que tenham um recetor externo – uma box – o processo automático pode ser feito no menu do aparelho, com o comando do recetor.

Anacom terá equipas no terreno para ajudar, de forma gratuita

A Anacom vai efetuar o processo de mudança das frequências da TDT porque esta faixa do espetro eletromagnético será usada na nova geração de redes de comunicação, conhecida como 5G. O processo de mudança é simples, mas a Anacom promete ter equipas no terreno para ajudar em caso de dificuldade, de forma gratuita.

«Esta informação chegará primeiro a 135 mil residências e estabelecimentos comerciais das zonas potencialmente abrangidas pela alteração de frequências do emissor de Odivelas Centro», aponta a Anacom. Depois «o processo prosseguirá a nível nacional a partir do final de janeiro/início de fevereiro», termina.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para quarta-feira, 20 de novembro

Impala Instagram


RELACIONADOS