Taxista salva bebé que ia ser enterrada viva pela família (COM VÍDEO)

Avó de uma recém-nascida transportou a bebé num táxi dizendo que estava morta e a iria enterrar. Condutor percebeu que a menor estava viva e contactou as autoridades policiais.

Taxista salva bebé que ia ser enterrada viva pela família (COM VÍDEO)

Taxista salva bebé que ia ser enterrada viva pela família (COM VÍDEO)

Avó de uma recém-nascida transportou a bebé num táxi dizendo que estava morta e a iria enterrar. Condutor percebeu que a menor estava viva e contactou as autoridades policiais.

A cidade de Hyderabad, na India, foi palco de um crime chocante. Uma bebé ia ser enterrada viva pelo avó e mais dois familiares. O homem apanhou um táxi à porta do hospital local e explicou ao condutor que a neta tinha, alegadamente, morrido no parto e a iria enterrar. Contudo, no trajeto até um terreno devoluto, o condutor apercebeu-se de que a criança estava viva e contactou as autoridades policiais. No local, os agentes encontraram uma cova já aberta para enterrar a menina ainda com vida. Conseguiram impedir a tragedia e detiveram três pessoas da mesma família.

LEIA MAIS
Taxista agredido, roubado e fechado na mala do carro em Gaia

Segundo o jornal Malay Mail, a recém nascida encontra-se estável e nasceu sem qualquer problema de saúde. «Ainda estamos a investigar o caso e a tentar perceber se, numa fase inicial, os suspeitos acreditavam mesmo que a bebé estava morta e se se tratou de uma tentativa efetiva de homicídio», disse fonte policial. Enquanto decorrem as investigações, a bebe vai ficar a cargo de uma instituição pública.

Recorde-se que, na Índia, os casos de infanticídio contra bebés do sexo feminino são um problema constante. As meninas são consideradas um fardo pelas famílias. Em julho a polícia abriu uma investigação sobre aleados crimes por identificar depois de ter percebido que, em três meses, não tinha nascido nenhum bebé do sexo feminino em 132 cidades. As autoridades policiais suspeitam de  o infanticídio feminino.

Segundo um estudo Fundação Thomson Reuters, a Índia lidera o ranking dos países mais perigosos para as mulheres.

LEIA DEPOIS
Previsão do tempo para segunda-feira, 11 de novembro
Rapper revela que força a filha a fazer testes de virgindade

Impala Instagram


RELACIONADOS