Suspeitos da morte de jovem no Campo Grande ficam em prisão preventiva

Pedro Fonseca, de 24 anos, morreu esfaqueado nas imediações da Faculdade de Ciências, na zona do Campo Grande, em Lisboa.

Suspeitos da morte de jovem no Campo Grande ficam em prisão preventiva

Suspeitos da morte de jovem no Campo Grande ficam em prisão preventiva

Pedro Fonseca, de 24 anos, morreu esfaqueado nas imediações da Faculdade de Ciências, na zona do Campo Grande, em Lisboa.

Os três suspeitos da morte de Pedro Fonseca, o jovem de 24 anos, que morreu a 28 de dezembro, na sequência de um assalto, no Campo Grande, em Lisboa, ficam em prisão preventiva, avança o Jornal de Notícias. Os detidos, de 16, 17 e 20 anos, confessaram, esta segunda-feira, o crime.

LEIA DEPOIS

Encontrada mulher morta em Fafe com indícios de violência

Jovem terá tentado resistir ao assalto e acabou por ser esfaqueado

Pedro Fonseca, de 24 anos, morreu esfaqueado nas imediações da Faculdade de Ciências, na zona do Campo Grande, em Lisboa. A vítima era filho de um antigo inspetor da Polícia Judiciária de Aveiro.

O jovem foi assistido pelo INEM que o encontrou deitado no chão com ferimentos provocados por uma arma branca. Apesar da intervenção, os ferimentos eram bastante graves e o óbito acabou por ser declarado no local. A investigação está a ser levada a cabo pela Polícia Judiciária

Recém-licenciado em Engenharia Informática, Pedro terá tentado resistir ao assalto. O rapaz terá ido comer ao restaurante McDonald’s daquela zona e, ao chegar ao carro, foi abordado por três homens armados com facas que o ameaçaram.

Texto: Jéssica dos Santos

LEIA MAIS

A carta do pai do jovem: «Roubaram-lhe a alegria de viver»

Impala Instagram


RELACIONADOS