Superior Tribunal de Justiça rejeita segundo pedido de 'habeas corpus'

Superior Tribunal de Justiça rejeita segundo pedido de ‘habeas corpus’

O Supremo Tribunal de Justiça do Brasil rejeitou hoje um segundo pedido de ‘habeas corpus’, apresentado pelos advogados de defesa do ex-Presidente Lula da Silva.

Redação, 06 abr (Lusa) – O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) do Brasil rejeitou hoje um segundo pedido de ‘habeas corpus’, apresentado pelos advogados de defesa do ex-Presidente Lula da Silva, noticiou a imprensa brasileira.


O anúncio da decisão foi feito pelo juiz Felix Fischer, relator da operação Lava Jato no tribunal, citado pelo jornal Estado de São Paulo.


No pedido apresentado pelos advogados, estes pediam que fosse suspensa a execução provisória da pena até que o julgamento de mérito deste ‘habeas corpus’ fosse realizado.


Na madrugada de quinta-feira, o Supremo Tribunal Federal (STF) tinha já negado um ‘habeas corpus’ também apresentado pela defesa de Lula da Silva, que visava evitar a sua prisão antes de se esgotarem os recursos na Justiça.


Anteriormente, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) já havia também negado um ‘habeas corpus’ preventivo a Lula da Silva, condenado a 12 anos de prisão e um mês por corrupção passiva e branqueamento de capitais.


Na sequência da decisão do STF, o juiz federal Sérgio Moro decretou a prisão de Lula da Silva e deu como prazo as 17:00 de hoje (horário de Brasília, 21:00 em Lisboa), para o ex-Presidente brasileiro se apresentar voluntariamente à Polícia Federal na cidade de Curitiba, no Estado do Paraná, sul do Brasil.


Luiz Inácio Lula da Silva, 72 anos, foi o 35.º Presidente do Brasil (2003-2011).



EL // JPS

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Superior Tribunal de Justiça rejeita segundo pedido de ‘habeas corpus’

O Supremo Tribunal de Justiça do Brasil rejeitou hoje um segundo pedido de ‘habeas corpus’, apresentado pelos advogados de defesa do ex-Presidente Lula da Silva.