Sufocou recém-nascida depois de ter dado à luz no carro

Jovem de 21 anos escondeu a gravidez, teve a filha dentro do carro e sufocou a recém-nascida até à morte. Família e amigos nunca suspeitaram de que estava grávida.

Sufocou recém-nascida depois de ter dado à luz no carro

Jovem de 21 anos escondeu a gravidez, teve a filha dentro do carro e sufocou a recém-nascida até à morte. Família e amigos nunca suspeitaram de que estava grávida.

Foi detida, nos Estados Unidos, uma jovem que teve filha dentro do carro e a sufocou. A rapariga, de 21 anos, escondeu a gravidez de familiares e amigos e matou a recém-nascida.

LEIA MAIS: Recém-nascido amputado por negligência de enfermeira [vídeo]

Colocou a bebé dentro de um saco de lixo, no lugar do pendura, e acabou por ser apanhada em flagrante pelas autoridades policiais. A mulher, do estado da Carolina do Sul, cidade de Lexington, enfrenta agora pena de prisão perpétua.

Empregada de ginásio a tempo parcial, Brennan Hailey Geller, entrou em trabalho de parto quando se dirigia para casa. Encostou numa berma e acabou por parir sozinha.

Bebé sufocou, debatendo-se para respirar «ao longo de várias horas»

Autópsia revelou que bebé «nasceu viva e que se debateu para respirar fechada no saco»

Depois do nascimento, colocou a bebé num saco plástico para que esta sufocasse. Acabou por ir para casa e por deixar o corpo da filha no interior do automóvel.

Por mero acaso, um agente da polícia viu um saco estranho, ensanguentado, e avisou a patrulha local. Os amigos afirmaram às autoridades policiais que não sabiam que a jovem estava grávida.

O mesmo se passou com os familiares. «Se tivéssemos sabido, teríamos dado apoio e ajudado. Estamos em estado de choque e nada disto faz sentido.

LEIA MAIS: Vereadora suicida-se após anunciar que tinha sido vítima de violação [vídeo]

«Ela sempre foi uma menina de ouro que pôde contar com os pais para tudo», afirma a mãe de Brennan. A jovem deu à luz na passada sexta-feira, mas só ontem, 13 de agosto, a história foi veiculada pelos meios de comunicação social americanos.

A alegada homicida está internada num hospital, por ter perdido muito sangue. A autópsia ao corpo da bebé revelou que esta «nasceu viva e que se debateu para respirar», «ao longo de várias horas», quando foi «fechada no saco».

LEIA MAIS: O que acontece a uma criança esquecida num carro ao sol [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS