Stripper obrigado a vender papagaio de estimação devido à covid-19

Depois de perder o emprego, devido à pandemia de coronavírus, stripper foi obrigado a vender o papagaio que era o seu animal de estimação há seis anos.

Stripper obrigado a vender papagaio de estimação devido à covid-19

Stripper obrigado a vender papagaio de estimação devido à covid-19

Depois de perder o emprego, devido à pandemia de coronavírus, stripper foi obrigado a vender o papagaio que era o seu animal de estimação há seis anos.

Desde o início da pandemia de covid-19 que muitas pessoas acabaram por perder os seus empregos. Este é o caso de Jason Romero, que dá pelo nome de Romeo quando está a trabalhar como stripper. O aumento do número de casos obrigou a que os clubes de strip tivessem de encerrar portas, algo que deixou muito profissionais sem a principal fonte de rendimento.

LEIA AINDA

Sabe quem é o dono da casa do Big Brother na Ericeira?

Foi com esse cenário que Jason Romero teve de lidar. Que estava longe de imaginar como seria a maior parte do ano, isto depois de ter iniciado o ano com muito trabalho, a despir-se para muitas mulheres. Além de lidar com algumas dificuldades financeiras, o stripper também lutou contra os efeitos negativos que a pandemia provocou na sua saúde mental.

Pandemia levou stripper a lidar com problemas de saúde mental

Misturando tudo isto, Jason Romero viu-se obrigado a vender o seu animal de estimação. Que dá pelo nome de Blue e é um papagaio-da-amazónia que era o seu fiel amigo há seis anos. E que acabou por ser vendido há um mês. Jason refere ainda que passou por momentos complicados. “Comecei a fumar e a ficar deprimido. Bebia todos os dias. Fiquei um pouco deprimido”, conta.

De modo a contornar a situação, foi sugerido a Jason trabalhar ao domicílio. Algo em que não quis pensar, quer seja por não se sentir confortável ou pelo facto de ser uma ideia que não agradava à namorada. A solução passou por despir-se online, com uma retribuição muito mais baixa do que o normal. Além disso, está a trabalhar como personal trainer, fazendo ainda massagens desportivas. A viver das poupanças, está a pensar inscrever-se num curso de canalizador.

Foto: Reprodução Facebook

Impala Instagram


RELACIONADOS