Acidente vitima três irmãs e pai só descobre depois de acordar do coma

Pai e mãe resistiram aos ferimentos sofridos na sequência de um violento embate contra um carro. As três filhas do casal perderam a vida no acidente.

Acidente vitima três irmãs e pai só descobre depois de acordar do coma

Pai e mãe resistiram aos ferimentos sofridos na sequência de um violento embate contra um carro. As três filhas do casal perderam a vida no acidente.

Aneena, de seis anos, Kya, de cinco, e Draika, de três, perderam a vida na sequência de um aparatoso acidente provocado por um condutor embriagado. O pai das meninas, Somchai Lurak, de 36 anos, e a mãe, Emma Weigand, de 29, sobreviveram. A progenitora, com ferimentos leves, soube logo que tinha perdido as filhas. O pai só foi informado dias depois do acidente, pois estava ligado a máquinas de suporte de vida, em coma. Segundo a Polícia norte-americana, a família encontrava-se parada num semáforo quando foi colhida por trás por um condutor embriagado e em excesso de velocidade. Emma Weigand sofreu fraturas nos braços e nas costelas. O marido teve uma hemorragia interna grave e as três meninas tiveram morte imediata.

LEIA DEPOIS
Psicóloga acusada de burlar jovem com deficiência mental

Responsável pelo acidente mortal acusado de homicídio

Somchai Lurak fraturou sete vértebras do pescoço, mas já se encontra livre de perigo. Os médicos informaram-no de que as filhas tinham falecido depois de lhe contarem terem conseguido parar a hemorragia. «Eu só as quero ter de volta e sei que o meu irmão não vai conseguir recuperar deste desgosto violento. Como pode alguém pegar num carro naquelas condições e matar três anjos», questiona o irmão de Somchai. O homem que conduzia em excesso de álcool e de velocidade, e cuja identidade as autoridades policiais não divulgaram, foi acusado de três homicídios involuntários e poderá ser condenado a 40 anos de prisão.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para esta quinta-feira, 26 de setembro
Pai tenta suicídio com filha ao colo em linha de comboio e menor sobrevive [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS