Sobe para 10 número de mortos em tiroteio em Los Angeles e suspeito está em fuga

O número de mortos provocados no tiroteio que ocorreu no sábado num clube de dança em Monterey Park, cidade perto de Los Angeles, subiu para 10 e o suspeito está em fuga, avançou hoje a polícia.

Sobe para 10 número de mortos em tiroteio em Los Angeles e suspeito está em fuga

Sobe para 10 número de mortos em tiroteio em Los Angeles e suspeito está em fuga

O número de mortos provocados no tiroteio que ocorreu no sábado num clube de dança em Monterey Park, cidade perto de Los Angeles, subiu para 10 e o suspeito está em fuga, avançou hoje a polícia.

O capitão da polícia de Los Angeles, Andrew Meyer, afirmou hoje 10 pessoas morreram no local do tiroteiro, que ocorreu em Monterey Park, numa zona onde horas antes centenas de pessoas celebraram o Ano Novo Chinês. De acordo com Andrew Meyer, outras 10 pessoas ficaram feridas e foram transportadas para o hospital, variando os seus estados de saúde entre “estáveis e críticos”. Meyer afirmou que as pessoas estavam “a sair do local aos gritos” quando os oficiais chegaram ao local, por volta das 22:30 de sábado (06:30 de domingo em Lisboa).

Leia depois
Homem apanhado com droga, que afinal era açúcar, fica em prisão preventiva
Português apanhado com 39 gramas de droga, que afinal era açúcar, está detido desde maio de 2022 (… continue a ler aqui)

O agente não fez nenhuma descrição do suspeito, da arma que utilizou ou porque é que a polícia não deu informações sobre o tiroteio durante horas enquanto o atirador permaneceu em fuga. Meyer avançou ainda que a polícia estava a investigar outro incidente na cidade vizinha de Alhambra para perceber se estavam relacionados, acrescentando ser “demasiado cedo” para saber se o suspeito conhecia alguém no clube de dança ou se se tratou de um crime de ódio. A cidade de Monterey Park, localizada a cerca de 13 quilómetros do leste de Los Angeles, tem perto de 60 mil habitantes e uma grande população asiática.

Pessoas estavam “a sair do local aos gritos”

Ao Los Angeles Times, o dono de um restaurante do outro lado da rua onde ocorreu o tiroteio, Seung Won Choi, disse que três pessoas se apressaram a entrar no estabelecimento e pediram-lhe que trancasse a porta. As pessoas disseram ainda que havia um atirador com uma metralhadora e várias munições. Choi disse que acreditava que o tiroteio tinha decorrido num clube de dança.

Impala Instagram


RELACIONADOS