Sismo em Taiwan “prendeu” 400 turistas em montanha

Um forte sismo abalou grande parte de Taiwan hoje, derrubando um prédio de três andares, prendendo, temporariamente, quatro pessoas no seu interior, e deixando cerca de 400 turistas numa encosta de uma montanha.

Sismo em Taiwan

Sismo em Taiwan “prendeu” 400 turistas em montanha

Um forte sismo abalou grande parte de Taiwan hoje, derrubando um prédio de três andares, prendendo, temporariamente, quatro pessoas no seu interior, e deixando cerca de 400 turistas numa encosta de uma montanha.

O sismo de 6,8 de magnitude na escala de Ritcher foi o maior entre dezenas que sacudiram a costa sudeste da ilha desde sábado à noite, quando um terremoto de 6,4 atingiu a mesma área. Não houve relatos imediatos de ferimentos graves. A maior parte dos danos terá acontecido a norte do epicentro, que o Departamento Meteorológico Central de Taiwan disse estar na cidade de Chishang. Um prédio de três andares, que tinha uma loja de conveniência no piso térreo e residências nos superiores, desabou na cidade vizinha de Yuli, noticiou a Agência Central de Notícias da ilha.

O dono do edifício, de 70 anos e sua mulher, foram os primeiros de quatro pessoas presas a serem resgatadas dos escombros, e só depois uma mulher de 39 anos e a sua filha de 5 anos. Os dois andares superiores do prédio ficaram espalhados na rua, com fios elétricos puxados pela estrutura caída. Mais de sete mil residências ficaram sem energia em Yuli, e as canalizações de água também foram danificados. A polícia e os bombeiros acorreram ainda ao colapso de uma ponte numa estrada de duas vias no que parecia ser uma parte rural da mesma cidade, onde três pessoas e um ou mais veículos podem ter caído, segundo relatos dos media.

400 turistas presos em montanha

Também em Yuli, um deslizamento de terra prendeu quase 400 turistas numa montanha famosa pelos lírios alaranjados que cobrem as suas encostas nesta época do ano, noticiou a Agência Central de Notícias. Os destroços de um toldo caído numa plataforma na estação de Dongli, na cidade de Fuli, que fica entre Yuli e o epicentro em Chishang, atingiram um comboio que passava, descarrilando seis vagões, disse a Agência Central de Notícias, citando a administração ferroviária. Nenhum dos 20 passageiros ficou ferido, acrescentou.

O sismo foi sentido no extremo norte da ilha, na capital, Taipei. Na cidade de Taoyuan, a oeste de Taipei e 210 quilómetros ao norte do epicentro, um homem ficou ferido por um desabamento do teto do 5º andar de um centro desportivo. A Agência Meteorológica do Japão emitiu um alerta de tsunami para várias ilhas do sul do Japão.

Impala Instagram


RELACIONADOS