Atacado e morto numa agência de seguros em Sesimbra porque “fazia muito barulho”

O agressor de 40 anos de idade desferiu “diversos golpes de arma branca” na vítima que acabou por morrer em Sesimbra.

Atacado e morto numa agência de seguros em Sesimbra porque

Atacado e morto numa agência de seguros em Sesimbra porque “fazia muito barulho”

O agressor de 40 anos de idade desferiu “diversos golpes de arma branca” na vítima que acabou por morrer em Sesimbra.

Um homem de 40 anos de idade foi detido pelo Departamento de Investigação Criminal de Setúbal da Polícia Judiciária (PJ) por “fortes indícios da prática de crime de homicídio qualificado, na forma consumada”. Os factos ocorreram no concelho de Sesimbra e, avança a PJ em comunicado, foram praticados no início da tarde de segunda-feira, 5 de julho, “no interior de uma agência de seguros”.

Vítima esfaqueada em Sesimbra até à morte porque fazia “muito barulho”

O suspeito, “aparentemente por motivos completamente fúteis, que teriam que ver com o facto de essa mesma vítima fazer muito barulho“, desferiu-lhe “diversos golpes de arma branca que, necessariamente, acabaram por lhe provocar a morte”. De seguida, tentou colocar-se em fuga. Esteve sob vigilância policial numa unidade hospitalar de Lisboa, “onde foi submetido a intervenção cirúrgica devido a ferimento autoinfligido, aparentemente por acidente e no decurso do cometimento do crime”. Foi detido assim que teve alta médica e, depois de presente a Tribunal, ficou em prisão preventiva.

LEIA AGORA
Luso-canadiano 14 anos preso por violar 2 estrangeiras no Algarve
Luso-canadiano 14 anos preso por violar 2 estrangeiras no Algarve
Um cidadão luso-canadiano, detido em há cerca de ano e meio, foi agora condenado por raptar, agredir e violar uma mulher brasileira e outra inglesa no Algarve. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS