Sepultura de líder dos Joy Division vandalizada

A sepultura de Ian Curtis foi vandalizada esta terça-feira. O líder dos Joy Division morreu em 1980.

Sepultura de líder dos Joy Division vandalizada

Sepultura de líder dos Joy Division vandalizada

A sepultura de Ian Curtis foi vandalizada esta terça-feira. O líder dos Joy Division morreu em 1980.

A sepultura da campa de Ian Curtis, cantor e autor das canções da banda Joy Division, foi roubada do cemitério de Macclesfield, no Reino Unido, revelou esta terça-feira, 6 de agosto, um funcionário à televisão local. Foi roubada uma pedra de suporte de flores, que faz parte do túmulo do cantor, avança o canal Cheshire Live.

LEIA DEPOIS
Divulgadas novas mensagens entre Neymar e Najila Trindade

Ian Curtis foi líder da banda desde a criação da mesma, em 1976, até à sua morte, em 1980 e deixou os álbuns Unknown Pleasures, publicado há 40 anos, e Closer, editado em 1980, que depressa se destacaram no movimento pós-punk. Nos últimos 30 anos, a sepultura de Ian Curtis tornou-se num local de peregrinação. Além da pedra, agora roubada, a campa tem uma outra, onde está gravado o nome do artista, a data da sua morte e frase Love Will Tear Us Apart, uma referência a uma das suas músicas mais conhecidas.

O roubo terá «ocorrido durante o fim de semana», e, segundo avança a imprensa britânica, a pedra não teria qualquer tipo de inscrição. Após a morte de Ian Curtis, os restantes membros da banda de Manchester juntaram-se e criaram a banda New Order, que deverão atuar em Portugal, este mês, no festival Paredes de Coura.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para quarta-feira, 7 de agosto

Valentina Sampaio: a infância, o apoio da família e a entrada no mundo da moda

Impala Instagram


RELACIONADOS