Seis detidos, droga e armas de fogo apreendidas em megaoperação da PSP

Seis detidos e apreensão de armas de fogo, armas brancas, automóveis, motas e cocaína é o resultado da operação ‘Scorpion’ que a PSP está a realizar em Lisboa, Setúbal e Faro.

Seis detidos, droga e armas de fogo apreendidas em megaoperação da PSP

Seis detidos, droga e armas de fogo apreendidas em megaoperação da PSP

Seis detidos e apreensão de armas de fogo, armas brancas, automóveis, motas e cocaína é o resultado da operação ‘Scorpion’ que a PSP está a realizar em Lisboa, Setúbal e Faro.

Seis detidos e apreensão de armas de fogo, armas brancas, automóveis, motas e cocaína é o resultado da operação ‘Scorpion’ que a PSP está a realizar em Lisboa, Setúbal e Faro, disse à Lusa uma fonte desta polícia. “A esmagadora maioria das equipas já está a regressar às suas unidades de origem e os resultados apurados até ao momento estão contabilizados em seis detenções, a apreensão de seis armas de fogo, uma reprodução de arma de fogo, duas armas brancas e uma quantidade de cocaína que ainda não consigo dizer o peso total”, revelou o superintendente Pedro Moura, diretor do Departamento de Armas e Explosivos

Operação Scorpion envolveu cerca de 200 agentes

Segundo o superintendente Pedro Moura, foram também apreendidos quatro automóveis, três motociclos, diversos computadores, telemóveis e dinheiro que ainda está a ser contabilizado. “São os resultados operacionais, até ao momento, das 53 buscas domiciliárias e não domiciliárias que executámos em Lisboa, Setúbal e Faro e também dos cinco mandados de detenção fora de flagrante que tinham sido emitidos pela autoridade judiciária”, adiantou à Lusa.

A operação policial “Scorpion”, que envolveu cerca de 200 polícias desde as 05:00 de hoje, esteve a cargo do Departamento de Armas e Explosivos da Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP). Segundo a PSP, foi “uma operação policial de grande envergadura”.

A investigação contou com a participação de efetivos policiais dos departamentos de Armas e Explosivos da Direção Nacional da PSP, de Investigação Criminal da PSP, do Comando Metropolitano de Lisboa, dos Comandos Distritais de Faro e Setúbal, da Unidade Especial de Polícia, através do Grupo de Operações Especiais e Corpo de Intervenção, e da Unidade de Intervenção da Guarda Nacional Republicana.

 

LEIA DEPOIS

Rapper Plutónio detido pela PJ por posse de arma ilega

Impala Instagram


RELACIONADOS