Rússia multa jornal Novaya Gazeta por desacreditar Forças Armadas

Um tribunal russo do distrito de Taganski impôs hoje uma multa de 500 mil rublos (6.700 euros) contra a publicação Novaya Gazeta por “desacreditar as Forças Armadas da Rússia” em plena invasão da Ucrânia.

Rússia multa jornal Novaya Gazeta por desacreditar Forças Armadas

Rússia multa jornal Novaya Gazeta por desacreditar Forças Armadas

Um tribunal russo do distrito de Taganski impôs hoje uma multa de 500 mil rublos (6.700 euros) contra a publicação Novaya Gazeta por “desacreditar as Forças Armadas da Rússia” em plena invasão da Ucrânia.

A Justiça russa indicou que multou o jornal “por ações” praticadas e que tiveram como objetivo desacreditar o Exército, de acordo com a legislação referente a crimes administrativos da Rússia. 

No dia 28 de março de 2022, um mês depois do início da nova invasão da Ucrânia, a publicação Novaya Gazeta publicou textos sobre a suspensão do trabalho do jornal após ter recebido avisos do Serviço Federal de Supervisão às Telecomunicações (Roskomanadzor).

Apesar dos avisos, parte da equipa editorial do jornal manteve a publicação no estrangeiro durante 2022.

Os tribunais russos declararam ilegal a versão impressa do jornal e decidiram o encerramento da edição digital.

O jornal foi fundado em 1993.

O diretor do Novaya Gazeta, Dimitri Muratov, foi distinguido com o Prémio Nobel da Paz em 2021.

PSP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS